quinta-feira, 31 de maio de 2012

Agência foi premiada na categoria “Melhor uso da internet, viral ou redes sociais em uma campanha de marketing promocional" usando quadrinhos.

Criar histórias em quadrinhos no formato de tirinhas (15cm de largura x 5 cm de altura), à mão livre, em Pixel Art ou por meio de prints dos cenários do Habbo Hotel com o tema “boa alimentação se aprende brincando” inserido em um contexto humorístico.

Essa foi a proposta do GiraDesafio de Quadrinhos do Giraffas, campanha promocional de um concurso cultural na internet, concebida pela Umbigo do Mundo, que visava incentivar a criatividade dos tweens a despertar novos talentos no universo das artes, além de divulgar uma boa causa: a de que comer bem é coisa séria, mas quem disse que não pode ser divertido?

A participação voluntária, gratuita, não subordinada à aquisição de produto ou serviço, trouxe 2.930 participantes no total e 31.118 votos, em 2 meses de ação (de junho a agosto/2011). Facebook e Twitter foram utilizados para promover a campanha e estimular os jovens artistas a se inscreverem; e o ponto de venda foi estratégico: mais de 3 milhões de fundos de bandeja promovendo concurso. O prêmio? Moedas Habbo e os cinco trabalho vencedores divulgados em 6 milhões de fundo de bandeja (380 pontos de venda em mais de 20 praças).

“Foi uma campanha engajadora e inusitada, que se tornou um case de sucesso no mercado, além de incentivar a criatividade e descobrir novos talentos brasileiros”, segundo Luciana Morais, diretora de Marketing do Giraffas.

PUBLICADO NO PORTAL DA PROPAGANDA

Palestra sobre HQ nacional em Porto Alegre

O Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (CCCEV) de Porto Alegre sediará uma série de palestras sobre as histórias em quadrinhos no Brasil e sobre o gênero dos contos de fadas, organizada pela escritora e artista plástica Paula Mastroberti, autora da graphic novel Adormecida: Cem Anos Para Sempre, publicada pela Editora 8Inverso.

Também estarão presentes a psicanalista e estudiosa de contos de fada Diana Corso, a designer gráfica Martina Schreiner e a colorista da Marvel Comics Cristiane Peter.
O evento ocorrerá nos dias 4, 16 e 30 de junho, e mais informações podem ser conseguidas pelos telefones (51) 3226.7974 ou (51) 3226.5342, com Mariane, das 13h às 18h; ou pelo email cccev@cccev.com.br, onde deverá ser informado nome completo, profissão, telefone, celular e e-mail. Haverá emissão de certificados de participação. As inscrições são gratuitas e o evento é aberto ao público.

PUBLICADO NO HQ MANIACS

Turma da Mônica conta história de Steve Jobs


Panini Comics e a Mauricio de Sousa Editora trouxeram às bancas mais uma de suas tradicionais homenagens. Em Saiba Mais! com a Turma da Mônica #57, o homenageado é Steve Jobs, fundador da Apple e um dos maiores visionários da indústria da informática, que faleceu ano passado de câncer.

A revista é em formato magazine (19 x 27,5 cm), com 32 páginas, custa R$ 5,70 e já se encontra à venda nas bancas do país.
A Turma da Mônica foi criada há mais de 50 anos por Mauricio de Sousa, na época repórter policial da Folha da Manhã. Os primeiros personagens foram Franjinha e seu cachorro Bidu, que ganharam tirinhas nas páginas do jornal. Em 1970, a turma, já completa, passou a ser publicada em revistas vendidas nas bancas. Fez sua estreia pela Editora Continental, passando pela Editora Abril de 1970 a 1986, pela Editora Globo de 1987 a 2006, e a partir de 2007 sendo publicada pela Panini Comics. Além de fazer sucesso nos quadrinhos, a Turma da Mônica já rendeu filmes, desenhos animados e uma grande variedade de produtos licenciados, conquistando não só o Brasil como também diversos outros países.

PUBLICADO NO HQ MANIACS

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Gibi da guarda municipal será entregue a 140 mil estudantes

Os mais de 140 mil estudantes da rede municipal de ensino de Curitiba começam a receber nesta semana a segunda edição da revista em quadrinhos da Guarda Municipal de Curitiba, Um olhar para a Segurança. Nesta segunda-feira (28), o prefeito Luciano Ducci recebeu em primeira mão o material.

Durante a entrega, o secretário municipal da Defesa Social, Nazir Chain, explicou que a linguagem direta, descontraída e ao mesmo tempo didática das revistas atinge com muita eficiência as crianças.
A receptividade é incrível e reforça todas as ações que a Guarda já desenvolve em parceria com as secretarias Antidrogas e da Educação, comentou. Há casos em que situações reais já foram evitadas graças às mensagens passadas pelas revistas em quadrinhos, disse o secretário. A primeira edição foi publicada em 2008.

Chain elogiou a equipe, de apenas nove pessoas, responsável por 100% na elaboração e confecção do material. Eles estão de parabéns, pois produzem uma ferramenta muito importante para reforçar o trabalho da Guarda Municipal em ações como o programa Conhecer Para Prevenir, em parceria com a Secretaria da Educação, disse.

Responsável pelo roteiro da história em quadrinhos Nem tudo o que cai na rede é peixe, que aborda os perigos da má utilização da internet pelas crianças, o agente da Guarda José Carlos da Silva explicou que a sua inspiração vem de situações reais do cotidiano.

Perigos e desafios vividos pelas crianças no dia a dia são retratados de forma simples e direta nas histórias, explica o autor. Além dele, são responsáveis pelos roteiros Joel de Jesus Paulicka, Reginaldo Geraldo dos Santos e Diomara Gouveia de Souza. Os desenhos e diagramação são de Alexandre Jungles Carpes.
Tiragem – O material foi impresso graças a uma parceria das secretarias municipais da Defesa Social e da Educação. O programa Comunidade Escola designou uma verba do convênio federal n° 172/2008,  no âmbito do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania, junto ao Ministério da Justiça, Secretaria Nacional de Segurança Pública.

A Prefeitura de Curitiba confeccionou 150 mil exemplares, em dois títulos voltados à orientação de comportamentos seguros e de prevenção à violência. São 75 mil com o título Mamãe sabe tudo e o restante com a história Nem tudo que cai na rede é peixe.

A primeira aborda os serviços de segurança prestados pela Guarda Municipal disponíveis a todos os cidadãos curitibanos e que podem ser solicitados em situações de emergência. A segunda história ilustra uma questão atual muito importante nos dias de hoje que é a sensibilização das crianças e adolescentes quanto aos riscos escondidos na rede mundial de computadores.

Teatro
Além das revistas, a Guarda mantém o teatro de fantoches Um Olhar Para a Segurança, que encena os mesmos temas abordados pelas revistas. Mais de 300 apresentações de 30 minutos são realizadas nas escolas municipais a cada ano.

PUBLICADO NO AGÊNCIA NOTÍCIAS

terça-feira, 29 de maio de 2012

História da Princesa Isabel, por um olhar mágico…

Escrito pelo paulista Fábio Yabu (criador da animação infantil “Princesas do Mar” e participante do “Nerdcast”), o livro “A Última Princesa” é baseado na história de vida da Princesa Isabel, que assinou a Lei Áurea libertando os escravos em 1888, além disso, pouco se sabe sobre ela. E é com uma forma fantasiosa que Yabu conta essa história.
Ilustrado por Matheus Lopes Castro (Mathiole), publicado pela editora Record. O Livro surpreende trazendo uma inusitada amizade entra a Princesa e o pai da aviação Alberto Santos Dumont, no período que ela viveu na França. “Saber que os dois coviveram para mim foi o estalo que deu origem ao livro”, Diz Yabu.

Sinopse:Banida de seu verdadeiro lar por um poderoso feiticeiro, a Princesa acabou esquecida pelo seu próprio povo. Enquanto sofre com saudades de sua terra natal, cultiva belas camélias em uma estufa em forma de palácio de cristal, ouve com atenção as histórias de seus servos e passa as noites sonhando com boas notícias que jamais chegam. Até o dia em que ela recebe a visita de um misterioso inventor chamado Alberto. Criador de maravilhas tecnológicas, ele acredita que “inventar é imaginar”, e lhe apresenta um mundo mágico, com animais mecânicos que cantam e dançam e uma casa encantada que surge nos lugares mais improváveis. O sonho mais ambicioso de Alberto é construir a Ave de Rapina: uma máquina mágica capaz de libertar sua Princesa… mas, para isso, ela também precisará enfrentar seus medos e quebrar sua maldição.

PUBLICADO ORIGINALMETE NO ANIME.COM

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Depois de ter o computador roubado em SP, Art Spiegelman diz: "Vocês foram roubados também"

A palestra do cartunista americano Art Spiegelman, marcada para as 19h desta segunda (12) em São Paulo, sofreu atraso de cerca de meia hora depois que o laptop do autor desapareceu do palco minutos antes do início do evento. Os organizadores suspeitam de furto e disseram que registrariam um boletim de ocorrência.

Aparentando relativa tranquilidade, entre uma tragada e outra em um cigarro eletrônico, o autor da premiada graphic novel "Maus", lançada 25 anos atrás, decidiu manter o compromisso e fazer a palestra com um computador emprestado.


"Eu deveria estar bem preparado para lidar com isso. Escrevi muitos quadrinhos policiais no início da carreira. Mesmo sabendo que o crime não compensa, descobri que isso pode não ser verdade em São Paulo já que alguèm acabou de sair daqui com meu computador e meu documento de identidade", disse, meio brincando, meio sério, logo em sua primeira fala. "Obrigado pela paciência. E por pagarem tanto pelo ingresso. Vocês foram roubados também", completou, quebrando o gelo e arrancando gargalhadas do público.
Spiegelman seguiu a palestra "desautorizando" um dos títulos elogiosos pelos quais costuma ser chamado - "o pai da graphic novel". "Quero pedir um teste de paternidade aí. Não acho que toda história em quadrinhos precisa ter 800 páginas. Foi só o que precisei para contar a história de meu pai [sobrevivente do campo de concentração de Auschwitz retratado em 'Maus']."

Dono de conhecimento técnico e histórico sobre a evolução dos quadrinhos ao longo do século passado, Spiegelman explicou, apoiado em slides e páginas suas e de outros autores, o que descreveu como a arquitetura de uma página de HQ. "É como a estrutura de um parágrafo de texto, só que com imagens", disse, depois de apontar a forma como um quadro leva ao outro - e o significado por trás dessas transições.


Destaque do primeiro dia do 4o Congresso Internacional de Jornalismo Cultural promovido pela revista "Cult", a palestra com Spiegelman ocorreu no teatro da PUC, em São Paulo. O evento segue até quinta-feira e inclui, entre outros convidados internacionais, o escritor e jornalista americano Gay Talese.

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO BOL NOTÍCIAS

Matéria sobre o novo livro de Paulo Ramos sobre quadrinhos

Contextualização brasileira

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC


Muito mais do que ler histórias em quadrinhos, Paulo Ramos as digere, estuda, analisa e compartilha suas observações com o mundo. Morador de São Caetano, o professor universitário e integrante do Núcleo de Pesquisas de Histórias em Quadrinhos da ECA-USP é responsável pelo Blog dos Quadrinhos (www.blogdosquadrinhos.blog.uol.com.br), uma das páginas mais respeitadas do gênero. On-line desde 2006, o endereço conta com centenas de reportagens e resenhas que agora deixam a internet e, reunidas, formam o livro Revolução do Gibi - A Nova Cara dos Quadrinhos no Brasil (Devir Livraria, 520 páginas, R$ 45 em média).

"Inicialmente relutei (em fazer a coletânea). Se as informações estavam na internet, para que reuní-las em livro? O contra-argumento me convenceu: havia a necessidade de organizar tematicamente todas aquelas informações, de modo a produzir um registro inédito sobre esse momento peculiar pelo qual os quadrinhos passam hoje no Brasil", diz Ramos. "A maior dificuldade foi a preparação do livro em si. Precisei reler todas as matérias e resenhas do blog, selecionar quais entrariam na obra, dividir por temas. Depois, cortar as redundâncias, padronizar os textos, selecionar imagens e atualizar as informações uma a uma."

Prometido pela editora para março do ano passado, o trabalho não ficou parado e o autor continuou a acrescentar dados de 2011. Não ficaram de fora da publicação a retomada da importância das revistas de super-heróis ao mercado (incluindo aqui o lançamento mensal das aventuras do Lanterna Verde, da DC Comics, com ilustrações de Ivan Reis, de São Bernardo), o fenômeno dos mangás, a reinvenção editorial do veterano Mauricio de Sousa e o aumento das produções independentes.

Além do conteúdo das publicações, as análises trazem à tona como as modificações do mercado tiveram influência direta nesta revolução. "Uma das mudanças em relação ao passado é que antes havia maiores tiragens, um número menor de editoras, a produção era feita quase toda no formato revista e os produtos eram vendidos nas bancas. Hoje, há tiragens menores, mais editoras, divisão das obras nos formatos revista e livro e uma diversificação de pontos de venda", explica o professor.

Outro ponto de destaque no livro é o fomento a trabalhos viabilizados por meio de incentivos públicos. O papel do ProAC (Programa de Ação Cultural), da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, surge como destaque entre as opções do mercado. Um dos pioneiros a utilizar esse meio é o cartunista Gilmar, do Diário, que lançou o álbum Caroço no Angu em abril de 2009.

Mas, afinal de contas, vivemos hoje o melhor período do quadrinho nacional? Segundo Ramos, "em termos de tiragem, não. Em relação à diversificação de temas, produções e autores, entendo que sim".

domingo, 27 de maio de 2012

Cartunista Ziraldo cria cartilhas em quadrinhos para contar história da copa do mundo e dos jogos olímpicos

A iniciativa partiu do jornalista e será apoiada pelo Ministério do Esporte. Ao todo, serão três cartilhas. A primeira contará as histórias dos cinco títulos mundiais da Seleção Brasileira de Futebol (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002) e da realização da Copa do Mundo no Brasil, em 2014. A segunda terá o objetivo de explicar e apresentar para as crianças as modalidades que pertencem ao calendário dos Jogos Olímpicos. Já a última, apresentará histórias de superação dos campeões brasileiros das modalidades dos esportes paralímpicos.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, sugeriu que as cartilhas tenham o foco nas escolas. Produzir esse tipo de conteúdo para as crianças é dar oportunidade para se ampliar a cultura da leitura. Temos que levar essas informações para as escolas públicas do país, disse ele, durante reunião com o cartunista.

Os trabalhos de Ziraldo já foram utilizados em diversas outras ações do governo federal. Com imagens e textos leves, Ziraldo colabora com publicações que explicam temas para públicos que vão além do infantil. As cartilhas esclarecem termos, expõe a legislação relacionada ao assunto, contam histórias para conscientizar os leitores.

Para o Ministério do Trabalho, o artista produziu duas cartilhas, com o objetivo de esclarecer os malefícios que o trabalho infantil traz para a saúde e o desenvolvimento das crianças. Muitas gravuras coloridas ilustram textos sérios. É claro que toda criança deve ser ensinada sobre o que é dever e o que são obrigações. (…) Mas nenhum adulto tem o direito de usar em seu benefício, nem no de sua família, qualquer vantagem que se possa ganhar com o trabalho infantil, expõe a cartilha.

Por encomenda do Ministério da Educação, o autor elaborou cartilha voltada aos pais dos estudantes, alertando-os sobre a importância de acompanhar a vida escolar de seus filhos. O interesse dos pais pela educação dos filhos é muito importante. As crianças e os jovens gostam de saber que os pais sentem orgulho por eles estarem estudando, diz o autor, no início da publicação.

Já para a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, o artista cumpriu o desafio de explicar o significado da importante expressão Direitos Humanos. Com seu famoso personagem Menino Maluquinho como protagonista da história, o autor explica que  o justo é ser como você é, mas ter direitos iguais aos de todo ser humano.

Confira nos portais dos órgãos as cartilhas citadas:

POSTADO ORIGINALMENTE NO DINHEIRO NA CONTA

sexta-feira, 25 de maio de 2012

RECEBEMOS UMA GRANDE DOAÇÃO DE QUADRINHOS HOJE

A jornada foi longa, começou em dezembro de 2011, mas finalmente recebemos uma grande doação de HQs feita pelo colecionador Wagner Torres, do Rio do Janeiro. As cinco caixas de HQs, com quadrinhos da Marvel e da DC. ficaram depositadas na casa de um primo (obrigada, Enaldo) aguardando quem pudesse trazê-las para Leopoldina. Chegaram hoje. O portador foi nosso querido amigo José Luiz, que tambérm já doou gibis para a nossa Gibiteca algumas vezes.

Obrigada, Walter, pela doação. Já tem gente na fila para ler.
  
 
 


Alunos produzem quadrinhos sobre a família

A nossa professora de língua portuguesa tem feito um excelente trabalho com quadrinhos com alunos do  9º ano. Eles prepararam para o mês de maio uma série de quadrinhos que tem como tema a família. os quadrinhos estão expostos de uma forma bem original. Na hora do intervalo tem sempre alguém lendo a produção dos colegas.



Uma curiosidade: esta foi nossa postagem de nº 3000!!

Personagens de HQ Mortadelo e Salaminho vão ganhar filme em 3D

As histórias em quadrinhos de “Mortadelo e Salaminho” vão ganhar um novo filme, desta vez em 3D. A divisão espanhola da Warner Bros. comprou os direitos da série, criada em 1958 pelo artista espanhol Francisco Ibáñez. A nova aventura dos agentes secretos mais atrapalhados dos quadrinhos será novamente dirigida por Javier Fesser, responsável pela primeira transposição dos personagens para o cinema com atores reais, em “Mortadelo e Salaminho – Agentes Quase Secretos”, exibido em 2003. 

A história dos dois agentes da TIA surgiram como paródia das aventuras de 007 e incorporaram ainda referências às séries clássicas de TV “O Agente da UNCLE” e “Agente 86″. Seu primeiro filme vendeu mais de cinco milhões de ingressos e arrecadou 22 milhões de euros. 

O filme será escrito por Fesser, em parceria com Cristobal Ruiz (série “Maitena: Estados Alterados”) e Claro Garcia (“Ekipo Ja”). Ainda em fase de pré-produção, não foi definida uma data para a estreia.

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO PIPOCA MODERNA

Botafogo lança série de histórias em quadrinhos

O Botafogo lançou nesta quinta-feira a "Turma do Caçador", uma série de histórias em quadrinhos relacionada ao clube e seus valores. Com narrativas de Amorim e Rogério Lessa, uma trupe de personagens adolescentes vai, semanalmente, contar a história do cotidiano do clube no Campeonato Brasileiro.

“Interagir com jovens e adolescentes é um dos nossos objetivos permanentes. E a Turma do Caçador vai servir como elo entre clube e esse torcedor espalhado por todo o Brasil”, explicou o diretor de marketing do clube, Marcelo Guimarães.

Semanalmente, um cartum digital será publicado no site oficial, redes sociais na internet e na Preliminar, revista distribuída de maneira gratuita na entrada do Engenhão em dias de jogos do Fogão.

Entre as aventuras da Turma do Caçador está a visita a lugares e eventos relacionados ao clube, como o Feijão no Fogão e jogos de Túlio Maravilha rumo ao milésimo gol, por exemplo.

“Essa é uma grande iniciativa do departamento de marketing do clube, que logo abraçou o projeto. Foi uma grande felicidade para gente colaborar nessa estratégia que vai atingir o público-alvo”, comentou o cartunista Amorim.

PUBLICADO OTIGINALMENTE NA BAND

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Mauricio de Sousa é o 6º escritor mais admirado do país

O criador da Turma da Mônica é o sexto escritor mais lembrado pelos brasileiros. É o que indica o levantamento Retratos da Leitura no Brasil, realizado em 2011 e divulgado agora. Mauricio de Sousa aparece à frente de nomes consagrados, como José de Alencar, Cecília Meireles, Fernando Pessoa e Graciliano Ramos.

Os cinco mais citados, segundo a pesquisa, foram Monteiro Lobato (1º), Machado de Assis (2º), Paulo Coelho (3º), Jorge Amado (4º) e Carlos Drummond de Andrade (5º). O pai de Mônica e Cebolinha já havia sido mencionado no levantamento anterior, de 2007, em décimo. Ziraldo, que divide os quadrinhos com a literatura infantil, aparece em 15º.

Esta é a terceira edição da pesquisa, que é realizada pelo Instituto Pró-Livro. Os dados foram coletados entre 11 de junho e 3 de julho do ano passado. O levantamento somou 5.012 entrevistados, em 315 municípios brasileiros.
No quesito quadrinhos, os dados apresentam duas informações contraditórias. Por um lado, houve um aumento de 8% entre os materiais mais lidos (22% em 2007; 30% em 2011). Por outro lado, houve queda entre os gêneros listados entre os que a pessoa costuma ler. Caiu de 27%, há quatro anos, para 19%.

A pesquisa revelou também a frequência de leitura de histórias em quadrinhos no país. Dos entrevistados, 46% disseram ler quadrinhos frequentemente. A maiorida acompanha quadrinhos uma vez por semana (46%) ou mensalmente (42%). Apenas 14% disseram ler uma vez por dia. Dos cinco aos 17 anos, a média de leitura de quadrinhos gira em torno de 30%. Após essa faixa etária, cai para a metade (15%).

Entre as formas de publicação mais lidas no país, os quadrinhos aparecem em 8º, atrás da Bíblia, dos didáticos, dos romances, dos religiosos, dos contos, dos infatis e de poesia.

FONTE: MSP INTERNATIONAL INC.

Você, professor, usa quadrinhos na sala de aula?

Estou fazendo uma pesquisa relâmpago, acompanhada de uma pequena enquete no nosso blog. Gostaria de saber que professores tem conhecimento do acervo que a escola recebe anualmente de quadrinhos e que, possivelmente, estão nas bibliotecas escolares das escolas públicas.

  1. Você vai rtegularmente à sua biblioteca escolar consultar livros ou verificar o que o acervo tem de novo?
  2. Já se deparou com os quadrinhos que o MEC envia para escola, por meio do FNDE? Já usou estes quadrinhos? 
  3.  Se você usa quadrinhos, seu conhecimento é pratico ou você recebeu algum tipo de formação, como cursos ou oficinas?
  4. Se trabalha em escola particular, na sua biblioteca existe uma espaço reservado para os quadrinhos?

Quem puder tirar uns minutinhos para responder a estas perguntas estaria nos  ajudando muito. a ideia é fazer um pequeno diagnostico sobre o uso dos quadrinhos na escola, e quem melhor para isso que o professor? 
Responda as pesguntas e envie para gibitecacom@gmail.com, colocando, também, seu nome completo, o quê leciona e para que turmas (Fundamental, Médio, Supérior).

Desde já, agradecemos!

Palestra: Infanturas na Fronteira


terça-feira, 22 de maio de 2012

Marvel entra no debate sobre casamento gay e confirma união do personagem Estrela Polar


A editora Marvel Comics, que dentre outras grandes histórias publica a saga dos mutantes de X-Men, decidiu casar Estrela Polar, um personagem gay, no número que sairá à venda nesta quarta-feira (23), nos Estados Unidos.

Estrela Polar, codinome de Jean-Paul Beaubier, é um canadense de penetrantes olhos azuis e mecha grisalha no cabelo, capaz de se deslocar e voar a velocidade sobre-humana. Na história, ele ficará de joelhos para propor casamento a Kyle Jinadu, seu namorado há anos, na revista "Astonishing X-Men #50"

Desta forma, os criadores situam seus leitores diante de um dos assuntos sociais mais comentados nos Estados Unidos atualmente, o casamento entre homossexuais, que, por sua vez, não é autorizado na maioria dos estados. O tema também ganhou evidência durante a campanha eleitoral dos presidenciais, já que Obama declarou publicamente seu apoio à união entre gays.

“O universo Marvel sempre refletiu o mundo fora de sua janela, então nos esforçamos para ter certeza que os personagens, seus relacionamentos e histórias fossem coerentes com a realidade”, disse o editor-chefe da editora, Axel Alonso, em comunicado. 

Além do lançamento, a Marvel também confirmou que o episódio do casamento do mutante e seu namorado também será retratado na próxima edição das aventuras X-Men, que deverá chegar ao mercado no dia 20 de junho, data em que serão realizados alguns casamentos em lojas especializadas em HQ's. 


RETIRADO DO NOTÍCIAS BOL

Chico Bento pede para 'Dirma' vetar código florestal


Mauricio de Sousa criou em quadrinho em que seu famoso personagem Chico Bento pede para a presidente Dilma Rousseff vetar o novo código florestal.

Ele começa o quadrinho dizendo "licença, dona Dirma!".

"A gente num intendi muito das coisa da lei mais intendi da nossa necessidade", fala o personagem. "I nóis percisa das mata, dos rio, dos peixe... I tá todo mundo achando qui isso vai sê mexido pra pior."

RETIRADO DO NOTÍCIAS BOL

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Crie uma fantasia para Stan Lee e Jim Henson


O DJ e produtor de música eletrônica Laidback Luke, em parceria com Stan Lee e Todd McFarlane, criou uma promoção para todos os desenhistas e designers de uniformes ao redor do mundo.

Luke, conhecido por tocar fantasiado em seus shows, convida a todos para que enviem um projeto de um uniforme de super-herói para ele. O uniforme vencedor será usado por ele em um concerto em New York, incluindo viagem e duas noites de estadia para o vencedor e um acompanhante, além da exposição do projeto nas redes sociais dos três envolvidos e produtos exclusivos cedidos e autografados pelos três. O prazo de inscrição termina em 21 de maio, e mais detalhes podem ser vistos aqui.

Uma competição semelhante está sendo promovida pela Jim Henson Company, e envolve a criação de arte inspirada pela série Fraggle Rock, criada pelo estúdio. O prêmio nesse caso envolve um tour pela Jim Henson Company, novamente incluindo viagem e 2 noites de estadia, divulgação na página oficial e Facebook da empresa, e 2.500 dólares. O prazo de inscrição vai até 20 de junho, e mais detalhes podem ser vistos clicando aqui.

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO HQ MANIACS

Eduardo Risso na Quanta Academia de Artes


Renato Guedes, desenhista de Wolverine, Superman e Vingadores, acompanha o argentino Eduardo Risso em um bate-papo gratuito naQuanta Academia de Artes.
Risso já produziu vários álbuns para o exigente mercado europeu, incluindo Fulú, Borderline e Chicanos, criados em parceria com Carlos Trillo.
Ele ficou mais conhecido no mercado norte-americano pela arte de 100 Balas, em parceria com Brian Azzarello, e também pelo seu trabalho emBatman.
O bate-papo será na próxima quarta-feira, dia 23 de maio, a partir das 19h.
Quanta está localizada na Rua Doutor José de Queirós Aranha, 246, Vila Mariana, São Paulo/SP.
PUBLICADO ORIGINALMENTE NO UNIVERSO HQ


sábado, 19 de maio de 2012

Festa da Família na Escola Municipal Judith Lintz Guedes Machado

Ontem, 18 de maio, tivemos a festa da família com a participação da comunidade escolar. Assista alguns trechos da comemoração.


sexta-feira, 18 de maio de 2012

"Os Vingadores" torna-se o sexto filme com maior faturamento de todos os tempos


"Os Vingadores" tornou-se o sexto filme com maior faturamento de todos os tempos nesta quinta-feira (17), ao atingir nas bilheterias do mundo todo a marca de US$ 1,07 bilhão. Com isso, o longa toma o lugar que era, até então, de "Piratas do Caribe: O Baú da Morte" (2006), que havia ganhado US$ 1,066 bilhão.
Nos Estados Unidos, o filme de Joss Whedon bateu também o recorde de melhor faturamento em duas semanas. Lá, no período ele alcançou US$ 400 milhões, superando a marca de "Batman - O Cavaleiro das Trevas" (2008), que levou 19 dias para atingir esse número.
É esperado que o blockbuster fature neste final de semana mais US$ 120 milhões --o que o posicionaria como o quarto filme com maior renda. Internacionalmente, o filme teve o nono maior lançamento da história.
Confira, abaixo, mais dados do lançamento de "Os Vingadores":

PUBLICADO NO BOL NOTÍCIAS

HQ autobiográfica Adeus Tristeza será lançada neste mês pela Cia. das Letras



Por Samir Naliato 
A editora Cia. das Letras, por meio do seloQuadrinhos na Cia, lança neste mês a edição Adeus Tristeza - A história de meus ancestrais (formato 19,5 x 27 cm, 248 páginas, R$ 38,50), uma saga épica e particular sobre a China do século 20. Esta é a primeira graphic novel de Belle Yang.
Yang nasceu em Taiwan e passou parte da infância no Japão. Estudou na Stirling University, na Escócia, e formou-se em biologia na Universidade da Califórnia, em Santa Cruz. Também estudou artes plásticas noPasadena Art Center College of Design e no Instituto Beijing de Pintura Chinesa. Ela é autora de livros infantis e de arte.
Seguindo os passos das grandes narrativas autobiográficas, como Maus, de Art Spiegelman, ePersépolis, de Marjane Satrapi, Belle Yang escolheu os quadrinhos para narrar a tumultuada saga de sua família.
Ela imigrou com a família para os Estados Unidos aos sete anos. Na década de 1980, voltou à China para estudar pintura e caligrafia. Mas, perseguida por um ex-namorado que a havia ameaçado de morte, ela é obrigada a retornar à casa dos pais, na Califórnia. Enquanto seus amigos ocidentais desfrutavam uma vida de liberdade criativa e pessoal, Yang se via paralisada pelo medo. Aos poucos, as histórias de seu pai sobre a Velha China, pelas quais ela nunca havia se interessado, vão se transformando num ambicioso projeto: recontar a saga da Dinastia Yang durante o século 20.
A partir das disputas e dos embates entre o patriarca dos Yang e seus filhos, a autora pôde revisitar 100 anos de história chinesa. O enfoque na intimidade da família ganha contornos épicos, conforme os Yang vivenciam a invasão da Manchúria pelos japoneses, a grande fome, a Segunda Guerra Mundial e a subida dos comunistas ao poder.
No traço da artista, que deve tanto à mais tradicional caligrafia chinesa quanto aos quadrinhos contemporâneos, essa saga familiar ganha uma forte carga de poesia. O resultado é uma jornada que capta não apenas as grandes pinceladas da História, mas também os pequenos traços de uma tradicional dinastia chinesa.
PUBLICADO NO UNIVERSO HQ

Art Spiegelman no II Encontro Quadrinhos na Cia

Como comemoração dos 3 anos do selo Quadrinhos na Cia, a Companhia das Letras organizou o II Encontro Quadrinhos na Cia, com participação de Art Spiegelman, de Maus, e sua esposa, a também artista e editora da revista New Yorker,Françoise Mouly.

Françoise será entrevistada por Érico Assis na Livraria da Vila, no Shopping Pátio Higienópolis, em São Paulo, no dia 26 de maio, sábado, às 18 horas.

Já Spiegelman terá uma sessão de autógrafos no dia 29 de maio, terça-feira, ao meio dia, na Livraria Cultura, no Conjunto Nacional, na Avenida Paulista. As senhas começarão a ser distribuídas às 9 horas. 



PUBLICADO ORIGINALMENTE NO HQ MANIACS

Estapafúrdios Ursinhos Coloridos: "O novo super-herói de Fofópolis e outras histórias."


Saiu a edição especial dos Estapafúrdios Ursinhos Coloridos: "O novo super-herói de Fofópolis e outras histórias."
 
Os EUCs são personagens comicos que deram as caras nas revistas do proj. Humor em Quadrinhos, FERCOM!, entre outras.
 
RELEASE
Os Estapafúrdios Ursinhos Coloridos são os maiores e únicos heróis (por enquanto) da encantadora cidade de Fofópolis, lar das mais simpáticas criaturinhas fofinhas... Um lugar extremamente atraente, mas que só atrai infortúnios, bárbaros psicóticos, monstros sedentos de sangue, e todo tipo de aberração malfeitora disposta a massacrar “criaturinhas fofinhas”! 

A edição especial dos EUCs: “O NOVO super-herói de Fofópolis e outras histórias...” é a primeira publicação solo dos bizarros ursídeos criados pelo cartunista Fernando dos Santos (proj. Humor em Quadrinhos, FERCOM!, Picles).

São 52 páginas da mais pura mistura de humor negro, politicamente incorreto e nonsense dos primeiros e únicos quadrinhos de bichos coloridos produzidos exclusivamente em preto e branco! Incluindo a clássica “A Rosa do Rei”.

Uma produção independente do selo Nossa Visão Quadrinhos que une forças com o coletivo Quarto Mundo

Edição especial dos EUCs: “O NOVO super-herói de Fofópolis e outras histórias...”

Capa couchê colorida
Formato 17,5 x 24 cm
52 pg em PB.
Preço: R$ 10,00

A revista pode ser adquirida diretamente no blog:

Quem preferir pode comprar nas principais livrarias especializadas de SP.

Comix Book Shop
Alameda Jaú, 1998, Jardim Paulista  
(11) 3081-6591

HQMIX livraria
Rua Tinhorão, 124 – Pacaembu

(11)3259-1528
 
Gibiteria

Praça Benedito Calixto, 158 - Pinheiros – 1º andar - loja 11
(11)3167-4838

E em Osasco na Livraria Multiverso
Av. João Batista, 104. Centro – Osasco
(11) 3682-4989

Preview
 
Teaser edição especial EUCs 

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Concurso - Ganhe uma Revista da Turma do Gabi - Radar Indaiatuba - SP


Quer ganhar uma revistinha da Turma Do Gabi autografada pelo autor e criador desses lindos personagens o Moacir Torres ? Fique Ligado no Blog O Radar. Maiores informações: www.oradarindaiatuba.com.br


II Encontro Nacional de Estudos Sobre Quadrinhos

Já está disponível a programação do II Encontro  Nacional de Estudos  sobre ocorre nos dias 28 e 9 de julho, no Centro de Convenções da UFPE. A Palestra de abertura será realizada pelo prof. Dr.  Elydio dos Santos Neto. Estão previstas, também, mesas redondas e grupos de trabalho.


Para conferir, clique aqui.


Submissão de Trabalhos (Papers, Ensaios, Comunicações...) até 31 de Maio pelo email encontrohq@gmail.com

Projeto Núcleo de Ensino/Treinamento: Studio Cortez


Antônio Marco Cortez está desenvolvendo em seu o Projeto Núcleo de Ensino/Treinamento, com cursos e oficinas regulares. a programação está disponível aqui. Existe, também, um programa de estagio [desenho, ilustração e quadrinhos] para ser efetivado com apoio de duas empresas.´

Os interessados podem enviar um currculo para o email: cursos@studiocortez.com.br

Os cursos disponíveis são:

DESENHO - REGULAR 
HISTÓRIA EM QUADRINHOS - REGULAR

CURSOS ESPECIAIS - AVANÇADO
DESENHO E ILUSTRAÇÃO – CRIAÇÃO DE PERSONAGENS – ANIMAÇÃO / PRÉ-PRODUÇÃO
16 aulas - 48h aula - Aproximadamente 4 meses


ILUSTRAÇÃO INFANTIL EDITORIAL / DESENHO ESTILIZADO – HISTÓRIA EM QUADRINHOS 

17 aulas - 51h aula - Aproximadamente 4 meses

História em quadrinhos Foodland: Freitas, o vocalista


A partir desta quinta-feira (17), o UOL Crianças publicará toda semana uma história em quadrinhos com os personagens de Foodland, a terra da comida.
Acompanhe abaixo a primeira HQ desta turma. 
PUBLICADO ORIGINALMENTE NO BOL NOTÍCIAS

"Ouro da Casa", novo projeto da Mauricio de Sousa Produções


Foram divulgadas nesta quarta (16) no perfil do editor Sidney Gusman no Facebook algumas imagens do novo álbum de quadrinhos da Mauricio de Sousa Produções, intitulado "Ouro da Casa". O projeto traz histórias com os personagens da Turma da Mônica assinadas por funcionários da MSP.
A obra será lançada em agosto na Bienal do Livro de São Paulo. Até lá, as prévias do "Ouro da Casa" serão divulgadas semanalmente, todas as quartas-feiras.
O livro "Ouro da Casa" tem participações de novos e antigos funcionários da Mauricio de Sousa Produções, e além de roteiristas e desenhistas também colaboraram arte-finalistas, editores e animadores, entre outros.
PUBLICADO ORIGINALMENTE NO BOL NOTÍCIAS

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Jornal O Globo realiza concurso de cartazes


Estão abertas até o próximo dia 20 de maio as inscrições para o concurso de cartazes Quero ver Toninha, promovido pelo jornal O Globo, como parte da campanha que visa à preservação da espécie de golfinho mais ameaçada de extinção no País.
A campanha é fruto de uma parceira do periódico com a Escola Nacional de Saúde Pública daFundação Oswaldo Cruz, do Rio de Janeiro.
Os trabalhos devem tratar do tema Mar sem lixo. Mar com toninha., alertando a população sobre importância de manter as praias limpas para evitar a extinção das toninhas.
Podem participar maiores de 18 anos que residam no Brasil. O material deverá ser enviado num arquivo digital, exclusivamente pelo site do concurso, com tamanho máximo de 5MB e nos formatos jpeg e PDF. Cada participante só poderá concorrer com um cartaz.
O trabalho vencedor, escolhido por um júri, será apresentado juntamente com os de outros 30designers de diferentes países que participarão da exposição sobre sustentabilidade Glob-all Mix, no Planetário da Gávea, no Rio de Janeiro, de 10 de junho a 10 de julho de 2012.
Segundo Fernanda Araújo, gerente de Marketing de O Globo, "o concurso é uma oportunidade para que as pessoas, por meio da arte, contribuam para a conscientização sobre a limpeza das praias e da preservação ambiental".
Para participar e obter mais informações, acesse o site do concurso.
PUBLICADO ORIGINALMENTE NO UNIVERSO HQ

terça-feira, 15 de maio de 2012

Lançamento: Revolução do Gibi


Por que os quadrinhos chegaram às livrarias brasileiras? Por que os mangás tornaram-se tão populares no País? O que fez com que as adaptações literárias fossem tão publicadas nos últimos anos? Por que mais e mais desenhistas se dedicam a trabalhos autorais? Qual foi o papel da internet na produção de quadrinhos?
Essas e outras perguntas, que marcam o atual momento das histórias em quadrinhos, são respondidas no livroRevolução do Gibi - A Nova Cara dos Quadrinhos no Brasil(520 páginas, preço e formato não divulgados), escrito pelo jornalista Paulo Ramos (Blog dos Quadrinhos) e publicado pela Devir.
A obra tem 20 capítulos, cada um dedicado a explicar diferentes aspectos do atual mercado de quadrinhos. Do papel à internet, do quadrinho estrangeiro ao nacional, das bancas às livrarias, da produção comercial à autoral.
Em suas páginas, estão reunidas reportagens, entrevistas e resenhas feitas pelo autor e veiculadas noblog desde abril de 2006. Cada informação é acompanhada de uma atualização.
Paulo Ramos é autor de outras obras ligadas ao tema, como A Leitura dos Quadrinhos e Bienvenido - Um Passeio pelos Quadrinhos Argentinos - premiadas com o Troféu HQ Mix na categoria de melhor obra teórica sobre quadrinhos nos anos de 2010 e 2011.
Estão confirmados três eventos de lançamento da obra:
Dia 19 de maio, a partir das 19 horas, na HQMix Livraria (Rua Tinhorão, 124, Higienópolis), em São Paulo/SP.
Dia 31 de maio, a partir das 19 horas, na Itiban (Avenida Silva Jardim, 485), em Curitiba/PR.
Dia 28 de junho, a partir das 19 horas, na Biblioteca Pública Infantil e Juvenil (Rua Carangola, 288), em Belo Horizonte/MG.
PUBLICADO ORIGINALMENTE NO UNIVERSO HQ

Titeuf no Brasil!



Titeuf é um dos quadrinhos mais populares na França e um dos meu preferidos. O personagem foi criado por Philippe Chappuis e é publicado pela , editora Glénat. Para a alegria dos fãs brasileiros, ele passa a ser publicado no Brasil pela  editora Vergara & Riba
Foram lançados dois álbuns, formato 28,5 x 21 cm, 48 páginas e preço de R$ 34,90 cada um, e já estão à venda nas livrarias.
O preço é um tanto salgado, eu sei, mas tenho esperança de que os álbuns chegam logo à nossa gibiteca,

domingo, 13 de maio de 2012

QUADRINHOS E O ENSINO DE HISTÓRIA

Foi aprovado VIII Encontro Nacional Perspectivas do Ensino de História o minicurso Racismos, Relações de Gênero e Ideologias Políticas nas Histórias em Quadrinhos: perspectivas de ensino e pesquisa, que será ministrado pela prof. Dra. Valéria Fernandes da Silva  (Colégio Militar e Faculdade Teológica Batista – Brasília) e pela professora Natania Nogueira. coordenadora do projeto Gibiteca Escolar.  

VIII Encontro Nacional Perspectivas do Ensino de História ocorrerá na UNICAMP, em Campinas (SP), e  este ano apresenta o tema "ENSINO DE HISTÓRIA: MEMÓRIA, SENSIBILIDADES E PRODUÇÃO DE SABERES", pretende dar  continuidade às ações desenvolvidas em todos os níveis de ensino e também aprofundar as nossas relações com os países ibero-americanos, articulando problemáticas do Ensino de História em âmbito nacional e internacional, remetendo-nos aos processos formativos, à história, às políticas, aos saberes e às práticas de ensino e à pesquisa e aprendizagem em História. 

O encontro acontecerá entre os dias 02 e 05 de julho. A programação detalhada e outras informações podem ser obtidas clicando aqui!