terça-feira, 30 de julho de 2013

QUADRINHOS E FOLCLORE:UMA BOA PEDIDA

No mês de agosto a gente chega na escola, depois das férias, e uma das primeiras coisas que a supervisora pergunta é: o que você pensa em trabalhar sobre folclore?

Pois é, agosto é o mês do folclore e lá vai uma dica: use quadrinhos para trabalhar o tema.

Na Gibiteca temos quadrinhos que tratam de personagens do folclore. Os que fazem mais sucesso são os Turma do Xaxado. Temos três edições que são diretamente relacionadas ao tema: Lendas e Mistérios, vol 01; Lendas e Mistérios, vol. 02O Livro de Encantamentos da Maré Vazante





Com esses quadrinhos nossos professores tem a possibilidade de trabalhar com o tema, de forma divertida e lúdica, não apenas por meio da leitura, mas preparando atividades em sala de aula baseadas histórias e em personagens das revistas.

Para quem não pode ter acesso a essas publicações (e não custa nada pedir para a diretora comprar para a biblioteca da escola), é possível encontrar tirinhas da Turma do Xaxado na internet e usá-las com os alunos.



 Partindo do folclore o professor ainda pode abordar outros temas. Basta usar a criatividade. Muitas vezes quanto mais simples a atividade, maior é o retorno, tanto para o aluno quanto para o professor.







RESTAURANDO GIBIS

Nas férias estamos aproveitando para trazer um pouco de trabalho para casa e restaurando algumas revistas em quadrinhos. A maioria está em prefeito estado, apenas perdeu a capa ou parte dela. Nada que não possa ser consertado.





Se você tem revistas em quadrinhos em casa sem capa ou parcialmente rasgadas, mande pra gente. Na Gibiteca, nada se perde.

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Vencedores do 25º Troféu HQMIX


Adaptação para os Quadrinhos
A Tempestade
Desenhista de Humor Gráfico
Angeli
Desenhista Estrangeiro
Craig Thompson
Desenhista Nacional
Danilo BeYruth
Destaque Internacional
André Diniz
Destaque Latino-americano
Dosis Diarias #2 – Alberto Montt (Chile)
Destaque Língua Portuguesa
Pontas Soltas – Cidades – Ricardo Cabral (Portugal)
Edição Especial Estrangeira
Pinóquio
Edição Especial Nacional
Astronauta – Magnetar
Editora do Ano
Nemo
Evento
Gibicon nº 1
Exposição
Ocupação Angeli
Grande Contribuição
História da Caricatura Brasileira
Grande Mestre
Rubens Lucchetti
Homenagem Especial
Ao Mestre com Carinho – Rodolfo Zalla
Homenagem Especial
Danilo Santos de Miranda
Homenagem Especial
Zérois
Livro Teórico
E Benício criou a Mulher
Novo Talento – Desenhista
Pedro Franz
Novo Talento – Roteirista
Produção para Outras Linguagens
Malditos Cartunistas
Projeto Editorial
Graphics MSP
Publicação de Aventura/Terror/Ficção
Publicação de Clássico
Diomedes – A Trilogia do Acidente
Publicação de Humor Gráfico
Se a Vida Fosse como a Internet
Publicação de Tira
Valente para Todas
Publicação Independente de Autor
Quadrinhos A2 – Segunda temporada
Publicação Independente de Grupo
Petisco Apresenta – Vol. 1
Publicação Independente Edição Única
Km Blues
Publicação Infantojuvenil
Turma da Mônica Jovem – O Casamento da Mônica
Publicação Mix
Creepy – Contos Clássicos de Terror
Roteirista Estrangeiro
Robert Kirkman
Roteirista Nacional
Gustavo Duarte
Salão e Festival
Salão Internacional de Humor Gráfico de Pernambuco
Tese de Doutorado
Marília Santana Borges
Tese de Mestrado
Thiago Vasconcellos Modenesi
 
Tira Nacional
Níquel Naúsea
Trabalho de Conclusão de Curso — TCC
Jean Monteiro
Feira da Fruta
Web Tiras
Vida Besta

PUBLICADO NO NERD PRIDE

quarta-feira, 17 de julho de 2013

HQ’s ganham movimento e dinamismo no formato de Motion Comics

Há histórias em quadrinhos que são tão legais, que é comum se perguntar quando ela ganhará uma adaptação para o cinema ou mesmo, para a TV. Pode ser com pessoas de carne e osso, mas se sair em formato de animação também não tem o menor problema.
Ainda assim, existem aqueles mais puristas, da escola Alan Moore de ser, que preferem as coisas como estão. Tudo bem, tudo bem... Mesmo para essa turma há solução para que a HQ não restrinja apenas ao amontoado de folhas de papel, que formam uma revista – e não estou falando das versões digitais, que podem ser lidas em PCs, tablets e smartphones. A solução são as motion comics.
Para quem não sabe, elas podem ser transposições da própria HQ ou criações originais. No caso das comics já existentes, basta um cara fera na programação criar um leve movimento nos personagens da revista e passar de forma criativa os quadros e as páginas da revista. É possível colocar tranquilamente o periódico em formato de vídeo que passe tranquilamente no youtube.

Além dos pequenos movimentos que os personagens ganham, além do texto dos balões, que podem estar fixos ou ir surgindo, é comum ver a adição de dublagens, narrativas e outros sons diversos. Dependendo do que for feito na Motion Comic, a revista acaba parecendo mais um desenho animado do que uma história em quadrinho.
Bons exemplos
No youtube é possível encontrar uma série de trabalhos bacanas neste segmento. Para exemplificar, há dois exemplos de obras impressionantes transformadas em Motion Comics: Watchmen e Umbrella Academy.
Continue lendo, clicando aqui!

Oficina "Como fazer tiras sem ter ideias"

Durante este mês, os quadrinistas Luís Felipe Garrocho e Ricardo Tokumoto irão ministrar a oficina "Como fazer tiras sem ter ideias" nos Centros Culturais da Fundação Municipal de Cultura. A atividade é um aquecimento para o Festival Internacional de Quadrinhos e integra a programação de férias das Bibliotecas da FMC, com atividades focadas na leitura, criação literária e nas relações entre imagem e texto. A oficina é gratuita e as inscrições podem ser realizadas nos Centros Culturais da FMC.


A intenção, segundo os professores, é transmitir aos participantes que a criação de tiras em quadrinhos não exige talento ou inspiração, mas sim consistência de produção. A oficina também irá revelar um pouco dos mecanismos de humor, ensinando aos alunos como construir piadas para os quadrinhos.

Programação nos Centros Culturais da FMC:


Dia 19, às 15h: Centro Cultural Lindeia Regina
Rua Aristolino Basílio de Oliveira, 445, Regina
Tel.: (31) 3277-1515 / 3277-1547

Dia 20, às 10h: Centro Cultural Padre Eustáquio
Rua Jacutinga (antiga Feira Coberta), 821, Padre Eustáquio
Tel.: (31) 3277-8394 ou 3277-7269

Dia 22, às 14h30: Biblioteca Regional Santa Rita de Cássia
Rua São Tomás de Aquino, 538 – Vila Santa Rita de Cássia – Bairro São Pedro
Tel: (31) 3277-6437

Dia 24, às 14h: Centro Cultural Zilah Spósito
Rua Carnaúba, 286, Conjunto Zilah Spósito - Jaqueline
Tel.: (31) 3277-5498

Dia 27, às 10h: Centro Cultural Venda Nova
Rua José Ferreira Santos, 184, Novo Letícia
Tel.: (31) 3277-5533 / 3277-9504

Dia 30, às 14h30: Centro Cultural Urucuia
Rua W3, 500, Urucuia
Tel.: (31) 3277-1531 / 3277-1549

Dia 31, 14h30: Centro Cultural Vila Fátima
Rua São Miguel Arcanjo, 215, Vila Nossa Senhora de Fátima
Tel: (31) 3277-8193




Contato para a imprensa: Assessoria de Comunicação | FMC - 3277-4682

EXPOSIÇÃO DE QUADRINHOS REALIZADA NO TECPUC

Fotos da exposição dos trabalhos realizados pelos alunos  do 2º ano  dos cursos  de Informática e Administração do Ensino Médio Técnico do TECPUC (Curitiba/PR) do Projeto História em Quadrinhos na Escola. 

O TECPUC, instituição de ensino técnico e de ensino médio integrado, forma profissionais capacitados para atender a demanda de vagas do mercado de trabalho. O objetivo é especializar, aperfeiçoar e atualizar jovens e adultos trabalhadores, com nível técnico de escolaridade.

O projeto é coordenado pelo professor Marcio Garcia, e estimula o uso dos quadrinhos na escola. Clique nas imagens para ampliar.








sábado, 13 de julho de 2013

ANDRÉ DINIZ VAI INICIAR NOVO PROJETO DE QUADRINHOS CONTANDO HISTÓRIAS DE VIDA: PARTICIPE!

O cartunista André Diniz, autor premiado e reconhecido no Brasil e no exterior, está dando início a novo projeto de HQs para o mês de agosto. Para isso ele está buscando  pessoas que tenham uma história interessante de vida pra contar.

Não é necessário ser uma história grande e longa, basta uma experiência marcante, um momento interessante, um aspecto de sua rotina ou mesmo uma forma de ver a vida pode ser algo riquíssimo, e não precisam render um livro inteiro, a ideia é fazer HQs curtinhas.

Então, se você quer protagonizar uma história em quadrinhos, feita pelas mãos de um mestre reconhecido, mande sua história. Mas, atenção, não é um trabalho remunerado!

Não serão usados nomes verdadeiros para preservar os envolvidos (mas o leitor saberá que se trata de um depoimento verídico). Assim, quem quiser doar um pouco de sua experiência de vida aos leitores pode ter certeza que será mantido o anonimato.

Quem quiser participar, é só entrar em contato com o autor pelo e-mail andredinizhqs@gmail.com 

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Mestres do desenho ensinam a produzir HQs para internet no Sesc Ribeirão

As histórias em quadrinhos chegam ao Sesc Ribeirão em versão on-line. A partir desta quinta-feira (11), feras de todo o País participam do projeto UMQDHQ! (um quê de agá quê), que apresenta, em sua terceira edição, o que há de mais bacana nas chamadas ‘webcomics’.
Nomes como André Dahmer, quadrinista de Os Malvados, Carlos Ruas, de Um Sábado Qualquer e Fábio Moon, de 10 pãezinhos, vão ministrar diversas oficinas gratuitas e ainda receber o público em noites de autógrafos. O objetivo é mostrar o universo das HQs online de uma forma educativa e divertida.
“A partir de 2012, o projeto foi consolidado com um alcance maior. Este ano vamos contar com os maiores nomes da HQ no País”, comenta Michele Magrini, curadora do UMQDHQ!
Destaques
Michele explica que, ao contrário da segunda edição, em que a programação deu espaço a nomes que estavam despontando, desta vez os destaques são profissionais consolidados.
Entre as estrelas do gênero está Fábio Moon, que, ao lado do irmão gêmeo, Gabriel Bá, é um dos quadrinistas mais elogiados da atualidade. A dupla, que ficou conhecida pela HQ virtual “Os 10 Pãezinhos”, tem publicações nos EUA, França, Espanha e Itália. Os irmãos são o exemplo de ‘webcomic’ que extrapolou a linguagem digital e ganhou bancas e livrarias do mundo.
“As HQs utilizam hoje em dia uma linguagem muito mais híbrida. Alguns quadrinhos nascem da internet e transformam-se em livro. Com outros, ocorre o contrário”, ressalta.
Prova disso é que, nos últimos anos, as webcomics têm colaborado com a venda de livros e revistas em quadrinhos. “Hoje, o UMQDHQ tem espaço próprio e atende um público cativo e surpreendente. Damos um panorama da produção atual no Brasil”, argumenta Michele.
Os quadrinistas locais também ganham espaço na programação. Caetano Cury, que tem um blog de quadrinhos (opanca.blogspot.com) desde 2006 ministra a oficina “O olhar de Téo sobre HQs”. Cordeiro de Sá, que esteve presente no ano passado, volta com a oficina “Ribeirão Preto em Quadrinhos”.
O objetivo é produzir uma ‘webcomic’ passando pelo roteiro, diagramação, arte final e publicação nas redes sociais.
“Acredito que publicar na internet é ter a sua própria editora. Não é desprezar o livro ou a revista, mas ter mais um canal de divulgação e publicação”, explica Cordeiro de Sá, coordenador do projeto/revista RPHQ. 
O quadrinista diz que a HQ digital não vai acabar com o papel. “Uma coisa não substitui a outra. É mais um caminho para o quadrinista poder usar”, diz.

Serviço
UMQDHQ 2013
Desta quinta-feira a 31/8, na Sala Internet Livre do Sesc Ribeirão

Grátis (inscrições pelo e-mail internet@ribeirao.sescsp.org.br)

PUBLICADO NO JORNAL A CIDADE

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Editora Jangada lança O fantasma de Anya, obra vencedora do Eisner e do Harvey


Anya não está feliz. Problemas na escola, uma mãe que não a entende e o medo de ficar gorda são preocupações constantes. Mas tudo dá uma guinada quando ela cai num buraco na floresta e encontra o fantasma de uma garota morta há muito tempo, Emily.
Por ter sido privada da vida de uma adolescente normal, Emily é um fantasma ressentido. Quando consegue seguir Anya até em casa, procura maneiras de ser útil e convencer Anya a deixá-la ficar. E Anya começa a desfrutar dos benefícios de uma amiga invisível, que pode ajudá-la a viver no mundo às vezes complicado de uma escola secundária.
Naturalmente, os problemas não tardam a surgir. E a melhor amiga de Anya não está brincando quando diz que a amizade delas será “para sempre”.
O fantasma de Anya (formato 21 x 14 cm, 224 páginas, R$ 24,90) é um lançamento da Editora Jangada.
O título é vencedor do prêmio Harvey Award 2012 como melhor publicação gráfica original para jovens e do Eisner Award como melhor publicação para jovens adultos.
A autora, Vera Brosgol, nasceu em Moscou, Rússia, e emigrou para os Estados Unidos quando criança. Ela trabalha como artista de storyboardspara desenhos animados e participou da produção de Coraline eParaNorman.
Confira o primeiro capítulo da obra clicando aqui.
PUBLICADO NO UNIVERSO HQ

Gustavo Duarte traz 'Monstros!' para Gibiteca de Santos



A Gibiteca de Santos realiza o lançamento da graphic novel 'Monstros' (Quadrinhos na Cia.) do premiado cartunista Gustavo Duarte, no dia 12 de julho, às 19h30. 

'Monstros!' é uma narrativa gráfica que homenageia a cultura japonesa e conta um impossível ataque de monstros gigantescos a cidade de Santos. Apesar de não ter textos, a história é facilmente entendida pelo traço elegante do autor.
.
Gustavo Duarte começou sua carreira de cartunista e ilustrador no Diário de Bauru. Também foi designer gráfico na editora Abril, além de colaborar com as principais revistas e jornais do país, como o esportivo Lance!. Vencedor de sete prêmios HQ Mix.
.
A Gibiteca Municipal de Santos Marcel Rodrigues Paes fica no Posto 5, na avenida da praia, em frente à Rua Osvaldo Cruz, no Boqueirão. Ela funciona das 9h ás 19h, de segunda a sexta-feira e das 9h às 13h aos sábados e domingos.

Biografia de Will Eisner pela Editora Globo


Will Eisner nasceu no Brooklyn, em 1917, filho de imigrantes judeus. É considerado um dos mais importantes artistas de histórias em quadrinhos e uma das maiores influências no desenvolvimento do gênero. Em 1936, aos 18 anos, Eisner publicou suas primeiras histórias na revista WOW (Harry Karry The Flame) e, um ano depois, fundou a própria empresa de quadrinhos tendo como sócio o editor da WOWJerry Iger. No Eisner-Iger Studio trabalharam grandes nomes das histórias em quadrinhos como Bob Kane e Jack Kirby. Em 1940, Eisner começou a se tornar conhecido internacionalmente com aquela que se tornou sua maior criação: o detetive Spirit.
No final da década de 70, Eisner começou a criar graphic novels como No Coração da TempestadeO EdifícioUm Sinal do Espaço (publicadas no Brasil pela Editora Abril), Pequenos MilagresO Nome do Jogo e Avenida Dropsie (Devir), entre outras. Além de sua carreira como quadrinista, escreveu livros fundamentais sobre criação de histórias em quadrinhos: Os Quadrinhos e a Arte Sequencial (publicado no Brasil pela Martins Fontes) e Narrativas Gráficas (Devir). Em 1988, a indústria dos quadrinhos prestou tributo ao autor criando o Will Eisner Comic Industry Awards, dedicado aos melhores do meio de cada ano, hoje uma das principais premiações da indústria nos EUA. Eisner faleceu em janeiro de 2005, devido a problemas cardíacos.
E agora, 13 anos após sua morte, a Editora Globo, através de seu selo Biblioteca Azul, está lançando a biografia Will Eisner: Um Sonhador nos Quadrinhos. Escrita por Michael Shumacher, a história nos apresenta toda a vida do mestre dos quadrinhos, desde a difícil infância ao período como artista militar e à criação do prêmio dos quadrinhos que leva seu nome.

O Homem de Aço – Desvendando o lendário mundo do Superman, da Panini

Panini Comics colocou em pré-venda o livro O Homem de Aço – Desvendando o lendário mundo do Superman (formato 23,5 x 28,5 cm, 160 páginas, capa dura, R$ 89,00).
Desde 1938, quando surgiu na revista Action Comics, ele é tido como o maior de todos os super-heróis que já existiram.
Agora, ao celebrar 75 anos de existência, este defensor da humanidade retorna às telas do cinema em uma superprodução dirigida por Zack Snyder e produzida por Christopher Nolan.
O livro traz os segredos de bastidores do longa-metragem, bem como fotos, perfis detalhados, entrevistas e imagens exclusivas de O Homem de Aço.
O Homem de Aço – Desvendando o lendário mundo do Superman deve chegar às livrarias na segunda quinzena deste mês.
PUBLICADO ORIGINALMENTE NO UNIVERSO HQ

quarta-feira, 3 de julho de 2013

1º Brasil Comic Con, em São Paulo, terá inúmeros convidados


O já tradicional eventoAnime Friends recebe este ano em seu espaço o 1º Brasil Comic Con, que trará aos fãs de quadrinhos, cinema e tecnologia grandes nomes nacionais.
Diversas atividades estão programadas, como palestras, sessões de autógrafos, concurso de ilustração e a exposição Visões Heroicas, reunindo diversos trabalhos de artistas que homenageiam oAnime Friends 2013. Desta vez, os convidados do Brasil Comic Contambém realizarão a homenagem para os 10 anos do evento.
As principais editoras e empresas especializadas estarão no local, com figuras de ação, quadrinhos, mangás e card games, dentre elas a AreaE, Copag, Crás Editora, Nova Sampa, Expotrekker, Galápagos Jogos, Mythos Editora, Panini Comics, NewPOP Editora, Rádio AniMix, Revistaria Hijikuro, além do  Encontro Internacional de RPG.
Inúmeros convidados confirmaram presença, como o mangaká Yuji Shiozaki, Mike Deodato Jr., Will Conrad, Daniel HDR, Fábio Yabu, Rafael Coutinho, Sidney Gusman, Cassius Medauar, Marcelo Del Greco, Junior Fonseca, Thiago Skyped, Fábio Moon, Gabriel Bá e o pessoal do Pipoca e Nanquim.
1º Brasil Comic Con acontece nos dias 11, 12, 13, 14, 18, 19, 20 e 21 de Julho de 2013, no Campo de Marte (Avenida Santos Dumont, 2241, São Paulo/SP).
Confira outras informações sobre o evento clicando aqui.
PUBLICADO NO UNIVERSO HQ

Desenhando mangá: aprenda a desenhar os olhos

Para o pessoal que gosta de desenhar em estilo mangá (meninos e meninas), um vídeo ensinando a desenhar olhos. Agora nesse mês de julho vamos postar outros tutoriais de desenho para que vocês possam praticar nas férias.

Gibiteca abre inscrições para cursos de Histórias em Quadrinhos e Mangá


Estão abertas as inscrições para os cursos de Histórias em Quadrinhos (HQ) nos níveis Básico, Intermediário e Avançado; e de Mangá, os quadrinhos japoneses, na Gibiteca deCuritiba. Os cursos serão ministrados de agosto até dezembro, com opções de turmas em dias e horários diferenciados. As matrículas podem ser feitas até o dia 9 de agosto.
Os interessados em participar precisam ter idade mínima de dez anos para os cursos oferecidos nas segundas-feiras, e 12 anos completos para os cursos ministrados às sextas-feiras e aos sábados. Qualquer um dos cursos tem o custo mensal de R$ 45,00, em quatro parcelas. O pagamento da primeira mensalidade deve ser feito na inscrição.
As matrículas podem ser feitas na Gibiteca de Curitiba, que fica no Solar do Barão, na Rua Carlos Cavalcanti, nº 533, no Centro. Mais informações pelo telefone (41) 3321-3250.


Confira os dias e horários dos cursos:

HQ Nível Básico
Sextas-feiras
Período: de 9 de agosto a 29 de novembro de 2013
Professor: André Caliman
Horário: das 16h às 18h
Vagas: 20
Sábados
Período: de 3 de agosto a 7 de dezembro de 2013
Professor: André Caliman
Horário: das 11h às 13h
Vagas: 20
HQ Nível Intermediário
Sábados
Período: de 3 de agosto a 7 de dezembro de 2013
Professor: André Caliman
Horário: das 14h às 16h
Vagas: 20
HQ Nível Avançado
Sábados
Período: de 3 de agosto a 7 de dezembro de 2013
Professor: André Caliman
Horário: das 16h30 às 18h30
Vagas: 20
Curso de Mangá (Quadrinhos Japoneses)
Segundas-feiras
Período: de 12 de agosto a 25 de novembro de 2013
Professor: João Felipe
Horário: das 14h às 16h
Vagas: 20
PUBLICADO NO G1 PARANÁ