sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

UM FELIZ ANO NOVO PARA TODOS

Que no ano de 2013 continuemos juntos e que a Gibiteca possa atender ainda melhor seus leitores, dentro e fora da escola!!!

Turma da Mônica dá dicas de como se proteger do sol



Mônica e Magali tomam banho de piscina. Cebolinha vê a cena e comenta que a piscina é tão grande que cabe até uma baleia. Até aí, mais uma pirraça de Cebolinha, que não aguenta ver a Mônica sem soltar uma piadinha. Mas essa história que começa com brincadeira fala de cuidados ao sol. A revistinha ensina que é preciso usar protetor solar em todas as partes do corpo expostas ao sol. E diz que os horários mais adequados são antes das 10h da manhã e depois das 16h da tarde. O gibi "A Pele e o Sol" é uma edição especial, feita pela Sociedade Brasileira de Dermatologia - Regional Estado de São Paulo com apoio de Mauricio de Sousa. Os 500 mil exemplares serão distribuídos nas estradas que ligam São Paulo ao litoral paulista e nas balsas que ligam as cidades litorâneas do norte e do sul do estado.

PUBLICADO NO BOL NOTÍCIAS

HQ "The Walking Dead" ganha revista mensal no Brasil


A HQ "The Walking Dead", que deu origem à série de mesmo nome, exibida no Brasil pelo canal a cabo Fox, ganhou no país uma revista mensal, publicada pela editora HQM. A HQM já publicava os quadrinhos em versão encadernada, reunindo diversos números, com o título de "Os Mortos Vivos". A revista mensal contará desde início a saga do xerife Rick em mundo dominado por zumbis, que tem roteiro de Robert Kirkman e arte de Tony Moore. Com 36 páginas, a publicação mensal custa R$ 3,90 e será vendida em bancas de jornal, livrarias e lojas de quadrinhos.

Leia mais clicando aqui!

Série em quadrinhos do Homem-Aranha chega ao fim



O novo número de "The Amazing Spider-Man" (O incrível Homem-Aranha), lançado na última quarta-feira (26), nos Estados Unidos, traz uma surpresa para os fãs da série. A edição de número 700 traz a batalha final entre o Homem-Aranha e o temido Dr. Octopus e marca o fim da série em quadrinhos, iniciada em 1963 (se você não quiser saber detalhes da história, pare de ler aqui). Em "The Amazing Spider-Man", após 50 anos, o mocinho Peter Parker perde a vez como Homem-Aranha e quem assume seu uniforme e poderes é seu inimigo, Dr. Octopus. Na história, Octopus tenta demonstrar que pode ser um mocinho melhor do que Peter Parker e começa a se aventurar como o herói. Octopus começa a estrelar, então, uma nova série de aventuras chamada "The Superior Spider-Man" (o superior Homem-Aranha), cuja primeira publicação tem data de lançamento marcada para o dia 9 de janeiro. "Este é maior dos vilões dentro do corpo do maior dos heróis e tentando fazer o bem", explicou Dan Slott, escritor da série, ao jornal "USA Today". 

Leia mais clicando aqui! 

domingo, 23 de dezembro de 2012

FÉRIAS!!!

Pois é, ontem começaram oficialmente as férias escolares e o Blog da Gibiteca vai dar uma desacelerada neste fim de ano. As postagens não vão parar, mas terão um espaço maior de tempo. Neste mês de dezembro nós já tivemos uma pequena parada, por conta do fechamento do ano letivo (muito trabalho). Mas não deixem de nos visitar. Iremos dar dicas de boas opções de férias, como exposições, oficinas e cursos para quem gosta de quadrinhos.

No mais, boas férias e bom descanso a todos!

História em quadrinhos conta a infância e juventude do Rei do Baião


Em 2012, comemorou-se o centenário de Luiz Gonzaga, um dos maiores músicos brasileiros. O Rei do Baião completaria 100 anos no dia 13 de dezembro.
Celebrando a data, acontecerá o lançamento da história em quadrinhos Luiz Gonzaga - Asa Branca - O Menino Cantador (formato 20,5 x 27,5 cm, 64 páginas, R$ 39,90), com roteiro de Maurício Barros de Castro e arte de Wesley Rodrigues.
A HQ pretende aproximar do público jovem a vida e a obra de Luiz Gonzaga, apresentando um pouco da história e da cultura do Nordeste, por meio da história do músico, que, dentre suas aventuras, inclui a descoberta do xote, do baião e do forró, a saga dos retirantes nordestinos, o sonho de vencer na cidade grande como cantor e a conquista do tão almejado sucesso.
A obra conta ainda com breves citações Gilberto Gil, Caetano Veloso, Dominguinhos, Fagner e Alceu Valença sobre a importância da música de Gonzaga em suas vidas.
Contemplada pelo Prêmio Funarte Centenário de Luiz Gonzaga 2012, a HQ integra uma série de projetos especiais desenvolvidos pelos editores Christiano Menezes e Chico de Assis, sócios do estúdio de design Retina78.
PUBLICADO NO UNIVERSO HQ

Diversos quadrinhistas participam das oficinas de férias do Rio de Janeiro


No período de 28 de janeiro a 2 de fevereiro de 2013, será realizada a segunda edição do evento Oficinas de Férias RJ.
Vários profissionais das áreas de quadrinhos, games, ilustração e animação estarão presentes, dentre eles Joe Bennett (Marvel, Dc Comics), Renato Guedes (DC, Marvel), Vitor Ishimura (diretor de arte de games para X-Box e PsIII), Danilo Beyruth (Bando de Dois, Necronauta e Astronauta - Magnetar) e a equipe do sitePetisco.org - coletivo dos autores Daniel Esteves, Will, Cadu Simões, Mário Cau, Denis Mello e Ana Ricaldi.
Eles discutirão seus trabalhos e a produção comercial de ilustrações, quadrinhos, games e animações, passando por métodos convencionais e digitais. Serão mais de 150 horas de oficinas. No último dia de evento, Joe Bennett e Renato Guedes lançarão seussketchbooks no Rio de Janeiro - os demais convidados estarão envolvidos em uma noite de autógrafos.
Outros destaques são os novos cursos, comoDesenho, Perspectiva e Desenho de Modelo Vivo, com Lipe Diaz, Caricatura Digital, com Felipe Moreira, Modelagem em Clay com Marcelo Arkon, Modelagem Digital, ministrado por Licínio Souza, Arte-final com Nanquim (Marcos Marz), Intensivo de Roteiro, com Estevão Ribeiro, Action Cartooning - por Anderson Mahanski -, Colorização Digital com Fabrício Guerra,Ilustração Digital (Adelson Tavarez) e Desenho infantil e Teens, com Thiago Vale e Victor Julião.
As oficinas serão realizadas na Rua General Polidoro, 10, Botafogo, Rio de Janeiro/RJ. Para outras informações, clique aqui.
PUBLICADO NO UNIVERSO HQ

sábado, 22 de dezembro de 2012

A TURMA DO XAXADO E A HISTÓRIA DO BRASIL


A REVISTA DE HISTÓRIA DA BIBLIOTECA NACIONAL, n º 87 do mês de dezembro/2012, publicou uma matériaa Turma do  Xaxado. A matéria e da professora Marta Regina Paulo da Silva da Universidade Metodista de São Paulo. Vale a pena dar uma conferida.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

CONTATOS DA GIBITECA PERDIDOS


Pessoal, fiquei 10 dias sem meu computador. O HD dele simplesmente parou e eu quase perdi tudo que tinha (e é muita coisa, mesmo, algo perto de 300 GB). 

Mas deu tudo certo e o prejuízo não foi grande. Acontece que eu fiquei sem meus arquivos do Outlook, tanto e-mails quanto mensagens arquivadas. Por isso, se alguém que recebe mensagens do blog ou que já mantinha contato comigo quiser me reenviar seu endereço de e-mail, é só escrever para gibitecacom@gmail.com para que eu possa atualizar o banco de dados da gibiteca.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Lançamento da 3a Edição do Saci de Duas Pernas


Lançamento de O Coronel, de Osmarco Valladão e Manoel Magalhães.

Lançamento de O Coronel, HQ , criada pela dupla de quadrinistas brasileiros Osmarco Valladão e Manoel Magalhães. Em um cenário que mescla o infinito do espaço com suas naves estrelares e planetas inóspitos, incrementado com muitas explosões, ação e um toque de suspense, esta HQ marca a expansão de autores nacionais no catálogo da Editora Nemo, com uma surpreendente história que levará o leitor em uma viagem por temas clássicos da ficção científica.

Saiba mais, clicando aqui!

Turma do Xaxado ganha novo livro pela Editora Martin Claret

A Editora Martin Claret está lançando um novo livro da Turma da Xaxado, criação do cartunista Antonio Cedraz.


1.000 Tiras em Quadrinhos (224 páginas, formato 21 x 28 cm, R$ 29,90) tem a participação de diversos quadrinhistas brasileiros, como Bira Dantas, Spacca, Flávio Luiz, Alexandre Montandon, Sidney Falcão, Lailson de Holanda, Cau Gomez, Lucas Lima, Hector Salas, João Marcos, Fernando Molina e Júlio Cesar Delgado. A obra já havia sido lançada em 2009, de forma independente


O prefácio é do jornalista e professor Sérgio Mattos.


A Editora Martin Claret estreou no mercado no último mês de agosto, durante a 22ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

PUBLICADO NO UNIVERSO HQ

André Diniz ilustra Menino de engenho para o mercado francês

O quadrinhista André Diniz (Morro da favela, O quilombo Orum Aiê, Fawcett), possivelmente o mais prolífero do Brasil na atualidade, está ilustrando o livro Menino de engenho, de José Lins do Rego, para a editora francesa Anacaona Editions.

"A editora Paula Salnot conheceu meu trabalho na versão francesa de Morro da favela (Photo de La Favela, por lá) e me convidou pessoalmente, no lançamento do livro em Paris, em junho deste ano", relata o autor.

O livro será publicado na França em 2013. 

PUBLICADO NO UNIVERSO HQ

Ícones de Ribeirão Preto inspiram revista de histórias em quadrinhos

Um grupo de cartunistas de Ribeirão Preto (SP) criou uma revista de histórias em quadrinhos com o objetivo de resgatar personalidades e lugares marcantes da cidade. Em sua segunda edição, a “RPQH – Ribeirão Preto Em Quadrinhos” traz 29 trabalhos produzidos por 38 colaboradores, que se inspiram em ícones do cotidiano local para misturar realidade e ficção. Com uma tiragem de dois mil exemplares e distribuição gratuita, a revista também estará disponível em versão digital, na página oficial no Facebook.

Leia mais, clicando aqui!

domingo, 9 de dezembro de 2012

Graphic novel faz viagem psicodélica à cultura mexicana

"Às vésperas de completar 30 anos, tudo o que Guadalupe Vega quer é esquecer o trabalho que tem no sebo de Minerva, seu tio travesti. No meio do pior engarrafamento do ano (ela aproveita os engarrafamentos para ler os clássicos), a moça fica sabendo que a avó, Milagros, morreu ao chocar sua scooter com um tacomóvel." Assim começava a sinopse que a poeta gaúcha Angélica Freitas apresentou ao conterrâneo Odyr Bernardi, há cerca de três anos. No meio do caminho, entrariam novas versões de roteiro, doses de mescal, deuses histéricos, uma comédia ligeira e o som do grupo Village People. 

Na graphic novel "Guadalupe", que a dupla acaba de lançar, a protagonista e seu tio têm de atravessar o México com o caixão de sua avó num furgão, para garantir seu último desejo: um enterro com banda de música em Oaxaca, cidade onde nasceu. E, com a ajuda de cogumelos com poderes mágicos, a protagonista enfrenta a ira de uma entidade asteca decadente, que tem um plano macabro para não perder fiéis para as correntes religiosas mais moderninhas. 

Depois de "Copacabana", HQ realista escrita em parceria com o roteirista Lobo e que acompanha uma prostituta pela noite do bairro carioca, Odyr se experimenta no ritmo acelerado de "Guadalupe", cujas cenas frenéticas e humor caricato lembram trechos de desenhos animados.

Leia mais, clicando aqui! 

"Às vésperas de completar 30 anos, tudo o que Guadalupe Vega quer é esquecer o trabalho que tem no sebo de Minerva, seu tio travesti. No meio do pior engarrafamento do ano (ela aproveita os engarrafamentos para ler os clássicos), a moça fica sabendo que a avó, Milagros, morreu ao chocar sua scooter com um tacomóvel." Assim começava a sinopse que a poeta gaúcha Angélica Freitas apresentou ao conterrâneo Odyr Bernardi, há cerca de três anos. No meio do caminho, entrariam novas versões de roteiro, doses de mescal, deuses histéricos, uma comédia ligeira e o som do grupo Village People. Na graphic novel "Guadalupe", que a dupla acaba de lançar, a protagonista e seu tio têm de atravessar o México com o caixão de sua avó num furgão, para garantir seu último desejo: um enterro com banda de música em Oaxaca, cidade onde nasceu. E, com a ajuda de cogumelos com poderes mágicos, a protagonista enfrenta a ira de uma entidade asteca decadente, que tem um plano macabro para não perder fiéis para as correntes religiosas mais moderninhas. Depois de "Copacabana", HQ realista escrita em parceria com o roteirista Lobo e que acompanha uma prostituta pela noite do bairro carioca, Odyr se experimenta no ritmo acelerado de "Guadalupe", cujas cenas frenéticas e humor caricato lembram trechos de desenhos animados.

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2012/12/09/graphic-novel-faz-viagem-psicodelica-a-cultura-mexicana.jhtm
"Às vésperas de completar 30 anos, tudo o que Guadalupe Vega quer é esquecer o trabalho que tem no sebo de Minerva, seu tio travesti. No meio do pior engarrafamento do ano (ela aproveita os engarrafamentos para ler os clássicos), a moça fica sabendo que a avó, Milagros, morreu ao chocar sua scooter com um tacomóvel." Assim começava a sinopse que a poeta gaúcha Angélica Freitas apresentou ao conterrâneo Odyr Bernardi, há cerca de três anos. No meio do caminho, entrariam novas versões de roteiro, doses de mescal, deuses histéricos, uma comédia ligeira e o som do grupo Village People. Na graphic novel "Guadalupe", que a dupla acaba de lançar, a protagonista e seu tio têm de atravessar o México com o caixão de sua avó num furgão, para garantir seu último desejo: um enterro com banda de música em Oaxaca, cidade onde nasceu. E, com a ajuda de cogumelos com poderes mágicos, a protagonista enfrenta a ira de uma entidade asteca decadente, que tem um plano macabro para não perder fiéis para as correntes religiosas mais moderninhas. Depois de "Copacabana", HQ realista escrita em parceria com o roteirista Lobo e que acompanha uma prostituta pela noite do bairro carioca, Odyr se experimenta no ritmo acelerado de "Guadalupe", cujas cenas frenéticas e humor caricato lembram trechos de desenhos animados.

Leia mais em: http://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2012/12/09/graphic-novel-faz-viagem-psicodelica-a-cultura-mexicana.jhtm

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Gibiteca de Santos completa 20 anos com programação especial

Um grande encontro entre quem produz e quem gosta de histórias em quadrinhos. Essa é a proposta da programação em comemoração aos 20 anos da Gibiteca Marcel Rodrigues Paes, que acontecerá nos dias 7, 8 e 9 de dezembro.
.
O evento reunirá artistas da nova geração do desenho, do humor nacional, promoverá debates com os principais fanzin
eiros do Estado de São Paulo, além de bate papo com críticos de cinema sobre adaptações de heróis das histórias em quadrinhos para os filmes. Entre os convidados, Fábio Coala, autor do título ‘Mentirinhas’, revelação nacional na web comics. Danilo Beyruth e Sidney Gusman do ‘Astronauta – Magnetar’, publicação especial da Panini / Maurício de Sousa Produções, também confirmaram presença.
.
O evento é uma realização da Prefeitura de Santos por meio da Secretaria da Cultura. A curadoria é de Fábio Tatsubô. A Gibiteca Marcel Rodrigues Paes fica no Posto 5, na praia do Boqueirão, e funciona de segunda a sábado das 9h às 19h e aos domingos das 9h às 14h. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (13) 3288-1300.
.
ABERTURA - LANÇAMENTO
Dia 7/12, às 19h.
Abertura da exposição e lançamento do livro ‘As Melhores Mentirinhas #1’ de Fábio Coala Cavalcanti;
.
WORKSHOP E LANÇAMENTO
Dia 8/12, às 16h.
Workshop ‘Web Comics’ com Fábio Coala Cavalcanti;
.
Dia 8/12, às 18h.
Sessão de autógrafos do Livro ‘Astronauta - Magnetar’ da Panini e Maurício de Souza Produções com Danilo Beyruth e Sidney Gusman;
.
FANZINADA
Dia 9/12 das 14h às 17h.
Exposição com Fabio Gava, Cledson Bauhaus e Fabi Menassi
Debate sobre o Dia Nacional do Zine com Gazy Andraus
Mostra e distribuição de zines(fanzinada)
Debate sobre Publicação Independente com Thina Curtis, Fernanda de Aragão e Wendell Sacramento

CINE HQ
Dia 9/12 a partir das 17h.
Cine HQ – Exibição do filme: “The Avengers – Os Vingadores”.
Debate – Tema: “Os Vingadores e a influência do cinema na indústria dos quadrinhos”.
 
Convidados:
André Azenha (Crítico de cinema e editor do site do CineZen e CulturalMente Santista)
Alexandre Barbosa – Bar (Professor, Ilustrador e Mestre em Quadrinhos)
André Rittes (Jornalista, professor e Mestre em Quadrinhos)
Vinicius Carlos Vieira - mediador (Crítico de cinema e editor do site CinemAqui).

domingo, 2 de dezembro de 2012

História em quadrinhos conta a morte de Osama bin Laden

A morte do procurado número 1 do mundo ganhou os noticiários de TV e dos jornais em 2 de maio de 2011. Agora, a procura e a morte de Osama bin Laden acaba de ganhar uma versão em história em quadrinhos feita pelas editoras Bluewater Productions, independente, e Simon & Schuster, e começa a ser vendida pelo Amazon no dia 4 de dezembro, a menos de US$ 20.
O título, "Killing Geronimo: The Hunt for Bin Laden (Matando Geronimo: A caça por Bin Laden", em tradução livre), leva o codinome dado ao terrorista na Operação Lança de Netuno. Mas, além da operação em si, a graphic novel traz os atentados de 11 de Setembro e as invasões americanas em outros países, além dos esforços para rastrear a localização de Bin Laden.

- É como um romance sobre Jason Bourne, só que real. É um complexo labirinto de perigo, intriga e política, culminando com um final cheio de ação - disse o co-autor e jornalista Jerome Maida.

O texto da página de abertura descreve o personagem e o que é narrado: "Aqui está a história sobre como um dos maiores monstros dos tempos modernos foi finalmente localizado, perseguido e punido".

Como muitos detalhes por trás dessa morte são desconhecidos, a editora teve o cuidado de avisar que ações e diálogos são descritos com a maior precisão possível, com base nas informações conhecidas.

RETIRADO DO YAHOO NOTÍCIAS

Abertas as inscrições para curso de história em quadrinhos e mangá

Estão abertas as inscrições para o curso de história em quadrinhos e mangá, ministrado pelo professor Nestor Lampros. O curso começará em janeiro de 2012,  e as inscrições deverão ser feitas impreterivelmente neste mês de dezembro (vagas limitadas).

As aulas focalizam a compreensão do aluno em desenhar e entender os quadrinhos como "Arte Sequencial", isto é,  como um meio gráfico de compor vinhetas, quadrinhos e histórias, dentro de uma linguagem acessível a todas as faixas etárias. Inclui o curso as seguintes matérias:  roteiro, criação de  personagens (tanto da forma
tradicional como no mangá), anatomia, perspectiva, técnicas de arte finalização, etc.

O professor  Nestor Lampros tem larga experiência em atuar como educador nos colégios particulares da cidade,  especialmente  na área de desenho de criação, história em quadrinhos e mangá. Tem seu  atelier à rua Jurandir Cunha Lobo, 506-Atibaia Jardim, em Atibaia.

Curiosidade e dúvidas, ligue:(11) 4412-2446 ou (11)98989-4070. Ou ainda pelo e-mail:
nestorlampros@gmail.com.

RETIRADO DO ATIBAIA

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Fotos do sorteio de prêmios na Gibiteca

 Hoje tivemos o sorteio de prêmios na Gibiteca, Ganhamos 79 brindes e foram todos sorteados hoje a tarde para os alunos que mais utilizaram a gibiteca durante o ano. O número foi muito maior do que no ano de 2011 e esperamos que em 2013 mais alunos possam participar. Recebemos muitas doações de brindes, de pessoas de Leopoldina e de fora. Como corro o risco de esquecer de alguém, deixo aqui meu agradecimento coletivo.


Iríamos ter a gincana, hoje também, mas o tempo estava muito carregado e como ontem choveu muito e teve até tromba d'agua aqui perto, optamos por fazer apenas os sorteios, uma vez que as crianças já estavam reunidas na quadra. Mas vamos ter a gincana na semana que vem, com mais prêmios, pois ainda estamos recebendo brindes para sortear.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Você conhece o Recruta Zero?

Recruta Zero (Beetle Bailey) é uma personagem de quadrinhos e desenho animado criado por Mort Walker.  É um recruta do exército americano, lotado no quartel Camp Swampy. Sempre cultivando sua preguiça e bom-humor, Zero é implacavelmente perseguido pelo adiposo e volátil Sargento Tainha, que não admite nenhuma insubordinação. Ainda assim, Beetle Bailey sempre dá um jeito de escapar da labuta. 

Seu lema de vida é: Never let to tomorrow what you can do the day after tomorrow ("Nunca deixe para amanhã o que você pode fazer depois de amanhã"). Outro de seus famosos aforismos é: It´s funny how time flies when we are goofing off ("É engraçado como o tempo voa quando a gente está de folga").

Trancrito da Wikipedia



Se quiser conhecer as histórias do personagem, temos várias revistas do Zero na Gibiteca.

domingo, 25 de novembro de 2012

Diga sim a vida: vídeo conscientiza sobre o perigo de se beber e dirigir

Um curta da Tina e sua turma sobre álcool e, tb, seus do perigo de beber e dirigir. Muito legal! Um minuto apenas. Ótimo para introduzir o tema.

sábado, 24 de novembro de 2012

LEIAM A PRIMEIRA PUBLICAÇÃO DA GIBITECA

Com matérias e quadrinhos feitos por alunos, estamos lançando o GIBITECA NOTÍCIAS – Especial Consciência Negra, a publicação #01 da nossa Gibiteca. A ideia é abrir espaço para que os alunos possam mostrar aquilo que produziram na sala de aula. São quadrinhos, entrevistas, poesia e muito mais. Confira!


FESTA DA CONSCIÊNCIA NEGRA: EXPOSIÇÃO DA GIBITECA

Fizemos hoje nossa pequena exposição sobre o Negro nos Quadrinhos na nossa escola, como parte da comemoração da Semana da Consciência Negra. Montamos um espaço para que os alunos pudessem ler e ainda aprender mais sobre a História das Histórias em Quadrinhos. Tivemos pessoas de todas as idades e muita gente tirando fotografia. 

Confira as fotos!


terça-feira, 20 de novembro de 2012

O Médico e o Monstro voltarão ao cinema em adaptação de quadrinhos


A clássica história de terror “O Médico e o Monstro” vai ganhar mais uma adaptação para o cinema. A diferença é que desta vez a adaptação não será sobre o romance gótico de Robert Louis Stevenson, publicado no século 19, mas sim de uma história em quadrinhos, “The Strange Case of Hyde”, da editora Dark Horse, que foi lançada em 2010.

Na história original, o Dr. Jekyll buscava uma maneira de separar o lado bom da personalidade do seu lado mais sombrio. Ele cria uma poção, que ao invés de resolver o problema, acaba lhe transformando em um monstro selvagem e perigoso, que se intitula Mr. Hyde.

De acordo com o site The Wrap, o roteirista Albert Torres (“O Paraíso É Logo Aqui”) está escrevendo a adaptação. Torres também escreveu o roteiro nunca filmado da adaptação do mangá “Akira”. O plano é colocar novidades na trama, levando a questão da dupla personalidade para o centro da história e acrescentando ação e aventura na Inglaterra Vitoriana, ao estilo do filme “Sherlock Holmes”, com direito à luta contra outras criaturas da época.

“O Médico e o Monstro” já ganhou diversas adaptações para o cinema, entre elas o clássico homônimo de 1931, com Ingrid Bergman no elenco. Os personagens também já apareceram em algumas histórias em quadrinhos. E, curiosamente, uma adaptação de quadrinhos com Dr. Jeckyll e Mr. Hyde foi levada às telas há pouco tempo: “A Liga Extraordinária” (2003). 

O novo filme está sendo produzido em parceria pela Skydance Productions, Dark Horse Entertainment e Mark Gordon Company.

PUBLICADO NO PIPOCA MODERNA

domingo, 18 de novembro de 2012

Concurso usa tirinhas para mostrar participação africana na cultura brasileira

Dia 26 será a final do concurso ‘Literatura e Africanidades em Histórias em Quadrinhos’, no auditório da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). A disputa faz parte do projeto da secretaria municipal de Educação de Nova Iguaçu de usar as tirinhas para motivar os alunos a participar.

O objetivo é, de forma divertida, inserir no currículo a discussão de temas ligados à participação africana na formação cultural brasileira. A programação faz parte da ‘Semana de Consciência Negra’.

Serão premiados os três primeiros nas categorias infantil (primeiro ao quinto ano) e juvenil (sexto ao nono ano) e os professores. O concurso foi lançado em setembro, durante formação com incentivadores da leitura e produção textual.

Para a composição do trabalho com as crianças, os educadores participaram de formação continuada sobre o gênero literário. Na categoria infantil, os alunos das séries iniciais, com apoio dos ‘Incentivadores da Leitura’, fizeram histórias em quadrinhos com no máximo seis cenas. Já na segunda, produziram tirinhas de três cenas.

Segundo os professores, os resultados foram bons. Aline Cristina Moura Vieira, incentivadora da leitura da Escola Municipal Professor Márcio Caulino Soares, trabalhou com os alunos do quinto ano o autor Maurício de Souza e depois os contos africanos. Victor Hugo da Silvam aluno dela, está entre os finalistas do concurso com a tira ‘Ora, Vai Procurar Sua Turma’, que trata do preconceito.

Já a professora de Incentivo a Leitura e Produção Textual Silea Ferreira Gonçalves contou que não teve dificuldades em trabalhar a temática. “A questão do preconceito é cultural e também faltam informações. Eles gostam da comida, da dança, admiram o penteado, mas não associam tudo isso ao continente africano”, explicou a professora. 

PUBLICADO ORIGINALMENTE NO O DIA

sábado, 17 de novembro de 2012

Programação especial para a segunda quinzena de novembro na GIibiteca Escolar

Estamos com um fim de ano agitado. Esta semana, teremos uma exposição especial para comemorar a Semana da Consciência Negra na E. M. Judith Lintz. Para tanto estaremos com uma exposição sobre o NEGRO NOS QUADRINHOS. A exposição acontecerá no dia 24 de novembro, das 08:00 às 11:00 e estará aberta para toda a comunidade.

No dia 28 de novembro teremos uma competição de conhecimento, com alunos do Fundamental II. Poderaão se inscrever todos os alunos da escola que, durante o ano, frequentaram e leram muitos quadrinhos na nossa gibiteca. Os assuntos abordados na gincana serão, claro, sobre quadrinhos. Serão perguntas sobre personagens, autores, curiosidades que só poderão ser respondidas por quem realmente leu muito durante o ano.

O vencedor da gincana irá receber um prêmio especial, além de um certificado.

Haverá, também, sorteio de prêmios para alunos da escola. A gincana terá inicio às 15:30  mas será apenas para alunos e funcionários.

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

História em quadrinhos sobre a Ditadura Militar

Este livro é uma história em quadrinhos destinada ao público jovem. Trata-se da história de Clarice, uma menina que cresceu durante o regime militar no Brasil. A partir de sua história são narrados alguns momentos marcantes desse período no nosso país. 

O livro é de autoria de Joana D'Arc Fernandes Ferraz, professora da UFF, membro da diretoria do " Grupo Tortura Nunca Mais" e pesquisadora da memória do regime militar brasileiro e de Elaine de Almeida Bortone, psicóloga, historiadora e pesquisadora da memória do regime militar brasileiro. Os desenhos são de Diana Helene, ilustradora, cartunista e designer gráfica.

Eu e a Joana, minha orientadora do mestrado, fizemos um livro, uma história em quadrinhos, para o público jovem sobre a ditadura militar. Este tipo de literatura é inédita no Brasil, comum em outros países que viveram recentemente uma ditadura militar, tais como Argentina, Chile, etc.

O projeto recebeu o apoio da FAPERJ.

Lançamento: dia 29 de Novembro, às 18h, no Museu da República - Auditório, Rua do Catete, 253 - Catete - Rio de Janeiro

PUBLICADO NO REDE DEMOCRÁTICA

Gibiteca SESI comemora dez anos e promove bate-papo com autores

A Gibiteca do Centro Cultural SESI Vila Leopoldina (Rua Carlos Weber, 835), em São Paulo/SP, está comemorando dez anos de fundação, e, para marcar a data, promoverá uma série de eventos com autores durante a próxima semana. Veja abaixo a programação completa. 

Ciclo de bate-papos
21/11 – 19h30min – Álvaro de Moya: jornalista, professor, roteirista, produtor e diretor de cinema e TV. Autor dos livros Shazam!, História das Histórias em Quadrinhos, O Mundo de Disney, Anos 50 - 50 Anos, Vapt-Vupt, Literatura Brasileira em Quadrinhos, dentre outros. É o idealizador da gibiteca do  SESI Vila Leopoldina e foi o único brasileiro escolhido pela Universidade La Sapienza, de Roma, para determinar a data do centenário dos quadrinhos.

22/11 – 19h30min – Angeli e Laerte
Angeli é cartunista e chargista. Tem uma vasta galeria de personagens anárquicos e urbanos, como Rê Bordosa, Os Skrotinhos, Bob Cuspe e Wood & Stock. Atualmente, desenha para a Folha de S.Paulo e para o portal UOL.

Laerte Coutinho é um dos criadores da revista Balão e da empresa Oboré. Publicou seus trabalhos no O Pasquim, O Bicho, Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e várias revistas. Editou ainda a revista Piratas do Tietê e participou da redação de programas de televisão como TV Pirata, TV Colosso e Sai de Baixo.

23/11 – 19h30min – Fernando Gonsales: criador do personagem Níquel Náusea, que retrata, de modo bem-humorado, a fauna urbana de São Paulo. Iniciou sua carreira na Folha de S.Paulo com tiras diárias, depois de vencer concurso do próprio jornal. Seus trabalhos já foram compilados e lançados em livros no Brasil e exterior.

Oficina de Nanquim
24/11 – 14h – José Wilson Magalhães: arte-finalista das HQs do Wolverine e Vingadores, para a Marvel. Atualmente, é ilustrador do Estúdio Ilustrarte Brasil e professor de arte-final e desenho a nanquim. A oficina abordará a prática e teoria sobre o estudo do preto e branco com a utilização do nanquim e técnicas de movimento, equilíbrio, textura, volume, ritmo, harmonia, profundidade, luz e sombra. 

A entrada é gratuita, mas as vagas são limitadas. Reservas podem ser feitas pelo telefone 0XX-11-3834-3458 ou pelo e-mail centroculturalsesi@sesisp.org.br.

PUBLICADO NO UNIVERSO HQ

Gibi da Turma da Mônica alerta sobre trabalho infantil

A edição de novembro da revista em quadrinhos da Magali traz um encarte especial sobre um tema que atinge mais de 3,6 milhões de crianças e adolescentes no Brasil: o trabalho infantil. O material, produzido pela Mauricio de Sousa Produções, faz parte da campanha “É da nossa conta! Trabalho Infantil e Adolescente”, desenvolvida pela Fundação Telefônica Vivo em parceria com a Unicef e a OIT (Organização Internacional do Trabalho). O objetivo é dar visibilidade ao tema para que a sociedade civil possa reconhecer situações de trabalho infantil e adolescente e saber como enfrentar o problema.
 
O encarte “Trabalho infantil nem de brincadeira!" aborda a temática do trabalho infantil e será distribuído gratuitamente junto com a revista em quadrinhos da Magali. A personagem Mônica é a protagonista da história que alerta, de forma lúdica e de fácil compreensão, em linguagem adequada para o público infantil e adolescente, para aspectos pouco conhecidos a respeito da exploração do trabalho de jovens cidadãos no País. São 16 páginas coloridas, em formato 13,4 x 19 cm. A Campanha, que envolve a distribuição da revista em quadrinhos, eventos, ações virais com vídeos distribuídos nas redes sociais, protagonismo juvenil, entre outros, pretende sensibilizar e potencializar a ação junto a diversos públicos, incluindo crianças, adolescentes e especialistas no assunto. A estratégia é propor aos cidadãos que se tornem agentes multiplicadores, produzindo e compartilhando informações nas redes sociais.

FONTE: MAURÍCIO DE SOUSA PRODUÇÕES

Quadrinhos, consciência negra e língua portuguesa

Ontem a professora Deliminda (Delma para os íntimos) de língua portuguesa do oitavo ano realizou um trabalho com três turmas utilizando a revistinha da Turma do Xaxado "Mama África", aproveitando a proximidade com a Semana da Consciência Negra, que na escola será festejada por meio de uma série de atividades dentro e fora da sala de aula. A revistinha foi usada para desenvolver habilidades gramaticais. Segue o relato da professora:

Adorei " A Turma do Xaxado, Mama África". Foi providencial nessa semana que antecede o Dia da Consciência Negra. aproveitamos o primeiro episódio para fazermos um estudo de revisão do uso de /m/ e /n/ antes de /p/ e /b/; e de /d/, /t/, /g/, respectivamente, além do uso de x, ch, ç. Foi ótimo. Exercitamos, também, separação de sílabas, ditongo, tritongo e hiato.
Clique na imagem para ampliar
A primeira história da revista fala sobre palavras de origem africana e foram justamente estas palavras que foram utilizadas pela professora na atividade.

A professora Delma faz um trabalho muito legal com os alunos na Gibiteca. Aliás, tando ela quanto a professora Luísa Peres separam uma aula por semana para que os alunos tenho um momento de leitura e eles também levam para casa gibis, toda semana.  Elas trabalho, com frequência, quadrinhos que fazem adaptação de literatura, formando novos hábitos de leitura mas sem tirar do aluno a sua liberdade de escolha.