quinta-feira, 12 de julho de 2007

Histórias em Quadrinhos e Folclore


Esta semana a professora de série inicial Maria de Fátima Alves veio me procurar para mostrar as hqs feitas pelos alunos das aulas de reforço que ela ministra fora da escola (mas com alunos da . M. Judith Lintz Guedes Machado). São meninos e meninas de idades variadas com quem ela resolveu fazer um trabalho motivador: estudar sobre folclore produzindo uma hq.

Os alunos receberam todas as informações sobre o tema, necessárias para compor um roteiro razoavelmente coerente e depois receberam noções básicas de como fazer uma hq. A professora participou de uma das oficinas que tivemos no mês de junho e resolveu exercitar suas recém adquiridas habilidades com estes alunos. Para completar o trabalho ela ainda vai premiar as três melhores hqs, levando em conta o conteúdo e o uso correto de elementos que compõe uma hq (como balões, metáforas visuais, etc). Segundo a professora o trabalho de produção de hqs estimulou estes alunos que, em geral, possuem uma certa dificuldade de aprendizado, estando ela satisfeita com o resultado do seu trabalho. Agora, no segundo semestre letivo, ela pretende fazer a oficina de quadrinhos com seus alunos, na escola.

Ainda falando sobre folclore, a Escola encerrou hoje o 1º semestre letivo com uma maravihosa apresentação do Grupo Folclórico Assum Preto. Este grupo existe na cidade de leopoldina há mais de 23 anos e trabalha com danças típicas, resgatando uma parte da nossa cultura popular sobre a qual os jovens possuem pouco conhecimento. Com apoio do Cefet/Uned Lepoldina, o grupo conta com poucos recursos mas se destaca pela sua perseverança e pelo carinho com que seus participantes se dedicam aos ensaios e apresentações. Os professores receberam uma pequena aula sobre folclore, durante a qual dançarinos exibiam danças típicas de Minas Gerais, do Nordeste e do Sul.
No mês de agosto a E. M Judith Lintz irá promover uma Festa do Folclore, com o objetivo de resgatar esta nossa herança cultural entre alunos, professores e pais. A festa do folclore será um grande evento para o qual os professores estão se preparando desde já e pretende ser um projeto de integração cultural e social.
Aliás, há um comentário que não posso deixar de fazer. Professores de história, geografia e inglês visitaram em grupo a gibiteca na quarta-feira, dia 11 de julho, para selecionar material para ler nas férias. Eles querem preparar para 3º Bimestre atividades variadas usando quadrinhos. É importante ressaltar que a iniciativa partiu deles, após uma das reuniões de encerramento do 1º semestre letivo. Isto significa que a escola está abraçando cada vez mais o projeto.

3 comentários:

Jenny Horta disse...

Muito importante resgatar nosso folclore que é tão rico e muitas vezes esquecido. Parabéns á todos pelo trabalho e principalmente aos alunos.

Profª Tereza disse...

Parabéns pelo blog adorei a idéia da gibiteca na escola...

Silvana Nunes .'. disse...

Salve !
Navegando pela grande rede sem rumo com a intenção de divulgar o meu blog cheguei até você e gostei do que vi. No momento estou impedida de fazer leituras muito extensas, pois a claridade da telinha está prejudicando um pouco a minha visão, devo tomar um pouco mais de cuidado, mas em breve resolverei esse problema. Bem, já que estou aqui aproveito para convidar a conhecer
FOI DESSE JEITO QUE EU OUVI DIZER... em
http://www.silnunesprof.blogspot.com
Eu como professora e pesquisadora acredito num mundo melhor através do exercício da leitura, da reflexão e enquanto eu existir, vou lutar para que os meus ideiais não se percam. Pois o maior bem que podemos deixar para os nossos filhos é o afeto e uma boa educação. Isso faz com que ela acredite na própria capacidade, seja feliz e tenha um preparo melhor para lidar com as dificuldades da vida. Com amor, toda criança será confiante e segura como um rei, não se violentará para agradar os outros e será afinada com o próprio eixo. E se transformará num adulto bem resolvido, porque a lembrança da infância terá deixado nela a dimensão da importância que ela tem.
VAMOS TODOS JUNTOS PELA EDUCAÇÃO, NA LUTA POR UM MUNDO MELHOR !
Se achar a minha proposta coerente, siga-me nessa luta por um mundo melhor. Peço que ao responder deixar sempre o link do blog, pois vez por outra o comentário entra com o link desabilitado ou como anônimo. Por causa disso fico sem ter como responder as pessoas.Os meus comentários também entram via e-mail, pois nem sempre a minha conexão me permite abrir as páginas: moro dentro de um pedacinho da Mata Atlântica, creio que mais alto que as antenas, com isso a minha dificuldade de sinal do 3G. Espero queentenda quando não puder visitá-lo.
Daqui onde estou, os únicos sons que escuto aqui é o dos pássaros, grilos, micos., caipora, saci pererê, a pisadeira, matintapereira ... e outras personagens que vivem pela mata.
Por hoje fico por aqui, já escrevi demais. Espero nos tornarmos bons amigos.
Que a PAZ e o BEM te acompanhem sempre.
Saudações Florestais !
Silvana Nunes.'.