segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Você sabe quem foi a primeira super-heroína criada por uma mulher?


A primeira super-heroína criada por uma mulher foi Marla Drake (a Miss Fury), por  June Tarpé Mills. Marla é uma garota rica que usa uma manta de pantera negra que havia ganhado de seu tio  para ir a um baile. 

Surpresa! A manta era mágica e ela  ganha super-poderes (habilidades acrobáticas e de luta).  Em 05 de abril de 1941, publicou a primeiras tiras dominicais da super-heroina Miss Fury, cujo nome original era Black Fury,  Como forma de revista em quadrinhos teve oito números publicados pela Timely Comics (hoje Marvel Comics), entre 1942-1946. 

 

Arrojada e aventureira, Miss Fury era uma super-heroína destemida que enfrentava bandidos e, claro, combatia nazistas. Algumas das aventuras de Miss Fury se passam no Brasil, com direito a índios e e guerrilheiros. Sua última tira foi publicada em 1952.

9 comentários:

Anônimo disse...

A primeira heroína a estrelar uma revista foi a Sheena, a Rainhas das Selvas, criada em 1937 por Will Eisner e Jerry Iger, ela ganhou uma revista própria na Primavera de 1942 (a Mulher Maravilha só ganharia dela no verão do mesmo ano).
já a primeira super-heróina foi a Fantomah, Mystery Woman of the Jungle lançada na revista Jungle Comics #2 (Fevereiro de 1940) pela Fiction House (mesma editora que publicava a Sheena).

Natania Nogueira disse...

Interessante... mas quais eram os poderes dela, da Fantomah? Não conheço a personagem!!!!

Natania Nogueira disse...

Pesquisei a personagem! Adorei! Valeu pela dica!!

Natania Nogueira disse...

Texto retificado! Obrigada "anônimo"! :-)

Anônimo disse...

muitos desses personagens da Fiction House estão em domínio público (exceto Sheena pois foi publicada primeiro na Inglaterra).
esse site hospeda scans dessas revistas:http://digitalcomicmuseum.com/

Anônimo disse...

de nada, falam pouco da presença da Mulher na produção dos comics.

Natania Nogueira disse...

Pois é e é difícil achar material, a maioria está em inglês. Mas gostei de saber da Fantomy, abre novas perspectivas de leitura. :-)

Hunter disse...

Mas Fantomah não foi criada por uma mulher e sim por Fletcher Hanks, bêbado e notório espancador de mulheres...

Natania Nogueira disse...

Ah, Pedro, é que eu não tinha colocado "criada por uma mulher", no título original. Não sabia que Fantomah tinha vindo antes. Mas que história é essa do cara ser espancador de mulheres?