terça-feira, 28 de julho de 2009

Aos 13 anos, João Montanaro desponta como quadrinista e já conquista fãs na internet


Acho que vou ser cartunista, parece uma profissão legal", diz o paulistano João Montanaro, 13. Depois, pondera: "Caso não dê certo, compro uma guitarra e saio maluco por aí!". Se depender da torcida, porém, o menino continua com o lápis na mão. Ultimamente seu nome tem pipocado em blogs de quadrinhos e em grandes jornais. Virou garoto-prodígio e já publicou na revista "Mad".

Na sua maioria, as tirinhas que João posta em seu blog (porjoao.blogspot.com) são de comédia, mas o garoto não acredita que rendam gargalhadas. "Faço piadinhas para melhorar o dia das pessoas, é para dar uma risadinha, só." Cheio de opiniões, João conta sua ainda breve história de vida à reportagem. Quem conversa com o rapaz por telefone se esquece da pouca idade dele.

Começou a desenhar aos seis anos, copiando o Bob Esponja que via na TV. Aos dez, quis criar um estilo próprio e procurou se aconselhar por e-mail com feras da área -como o ilustrador Orlando, da Folha, que em seguida o recebeu em seu ateliê e lhe ensinou a técnica de pintar com aquarela. "O pessoal da minha escola às vezes não entende minhas tiras", João reclama. Entre as referências do menino estão clássicos dos quadrinhos adultos como "Watchmen" e "O Cavaleiro das Trevas".

Na música, gosta de Pink Floyd e de AC/ DC ("Fresno, nunca", afirma). A pedido do Folhateen, João desenhou uma tira exclusiva, que você confere abaixo. Entre o rascunho e o resultado final, trocou a referência ao quadrinista Angeli-"pensei que o leitor não ia descobrir quem é, coloquei um editor qualquer no lugar", justifica-se.(DIOGO BERCITO).

Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/folhatee/fm2707200917.htm

2 comentários:

Fatima disse...

Oie Natania!
Pode publicar o texto a vontade! Será uma honra.
:)

Natania Nogueira disse...

Valeu!
:-)