sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

O sonho de se montar uma gibiteca


Sabe aquelas histórias de pessoas que têm sonhos e que correm atrás deles? Pois é, eu fiquei conhecendo uma delas outro dia.

O estudante e comerciante Solano França, residente em Nova Friburgo, está liderando um projeto para criação de uma gibiteca naquela cidade. Solano se apresenta de uma forma bem peculiar: é estudante de história na UNOPAR, escitor, poeta, músico limitado e acima de tudo um sonhador sem limites.

Um de seus sonhos está para se tornar realidade: abrir uma gibiteca. Este sonho nasceu de uma forma muito original (como a maior parte dos sonhos doidos que todos nós temos vez ou outra) . Até o final de 2009, Solano era proprietário de um comercio, em um bairro turístico, de classe media, mas, como na maioria das cidades em desenvolvimento, passava pelas tristes mazelas de nossa sociedade moderna: drogas, criminalidade, injustiça social.

Muito querido pelas crianças e adolescente que frequentavam o seu comércio (bomboniere/lan house), Solano criou vínculos de amizade, conhecendo até os pais e familiares dos seus jovens fregueses.

Seu ponto comercial era bastante privilegiado: em frente ao ponto de ônibus e perto de três colégios públicos. Logo, o número de concentração de estudantes em frente da sua loja era enorme. Ele observava aquela rapaziada todo o dia, nas suas palavras "cabeça vazia, sem uma projeção futura, só falando bobagens. Também via os menores de longe (ou nem tão longe), sendo contaminados mesmo por passividade, por toda uma massa alienada, frutos de uma sociedade que mascara uma pseudo-responsabilidade social com atitudes discriminatórias e autoritaristas. "

Foi quando ele teve uma ideia : " - Vou botar essa molecada pra ler!"

Comprou um punhado de revistinhas da Turma da Mônica e passou a oferecer para a garotada que ficava ali, perambulando ou esperando o ônibus. Todos ficaram bastante entusiasmados. O sonho começou a ganhar forma e se tornou um projeto mais ambicioso: a criação de uma gibiteca.

Solano se informou sobre assunto, procurou parceiros, compartilhou seu sonho e está montando uma equipe de colaboradores: já tem um designer gráfico bolando um blog, um psicólogo coordenando a estruturação e professores, interessados em usar os gibis nas suas aulas. A ideia é montar um espaço comunitário, separado fisicamente da escola, mas parceiro no processo de educação.

Se você mora em Nova Friburgo, e quiser saber mais sobre este projeto, que a cada dia dá mais um passo, entre em contato com seu idealizador:

Solano Rodrigo Martins Ferreira França
Rua Santo Antonio, 72, Condominio Varandas do Cônego - Bloco4-201
Cascatinha - Nova Friburgo - RJ - CEP: 28621-430
E-mail: comicjoey@hotmail.com

Pode parecer clichê, mas a verdade é que se todos nós contribuirmos com a educação, o Brasil tem tudo para ser um país melhor. Se pudermos fazer nossa parte por meio das gibitecas e bibliotecas, melhor ainda.

Nosso parabéns ao Solano! Que seu sonho se realize em breve, para alegria de muitas crianças e marmanjos, também!

3 comentários:

Rosane Rodrigues disse...

Eu conheço esse camarada e somo com ele esse sonho de transformação de mentalidades através da leitura. Somos cristãos com consciência cidadã... somos seres sociais e devemos preocuparmos sim com os valores morais e sociais quase extintos. Reforço o convite de virem somar com agente também.

Natania Nogueira disse...

Obrigada pelas palavas inspiradoras, Rosane!
Abraço!

Mayhara disse...

Solano, vou falar como educadora...
É muito importante encontrar pessoas dispostas a ajudar diante desse sistema tão corrompido e pesado de se viver...
A doçura das histórias fazem diferença no sonho e eu posso dizer que minha infância foi significativa em meio a jogos, cruzadinhas e gibis (vale a pena acreditar no sonho)
Conte com meu apoio!!!